Após acidente com morte, Bombeiros retiram árvores às margens da BR-354 em Rio Paranaíba

Foto Capa: Júlio Cesar/ToNaMídia Carmo do Paranaíba
Foto Capa: Júlio Cesar/ToNaMídia Carmo do Paranaíba

Equipes do Corpo de Bombeiros começaram, na manhã desta sexta-feira (4), a retirar eucaliptos que estão plantados às margens da BR-354, em Rio Paranaíba, no Alto Paranaíba. A ação foi uma solicitação dos moradores juntamente com a Polícia Militar (PM) principalmente depois que uma árvore caiu sobre um carro causando uma morte.

Segundo informações dos militares, nesta época do ano, devido às queimadas e os ventos fortes, as raízes das árvores ficam fracas e caem. A ação é feita para melhorar a segurança das pessoas que passam pela rodovia. Ainda conforme os Bombeiros, não se sabe ao certo quantas árvores serão arrancadas. A hipótese está sendo avaliada enquanto o serviço é feito. Os trabalhos não têm previsão para terminar.

Em contato ao Portal G1, o Polícia Militar de Meio Ambiente disse não estar ciente sobre a situação.

LEIA MAIS: Eucalipto cai sobre Fiat Uno que transitava pela BR-354 e mata ocupante do carro

Acidente com morte

Na quinta-feira (03/08), um homem morreu e outro ficou ferido, depois que o carro em que eles estavam foi atingido por um eucalipto na BR-354, no Rio Paranaíba. Inicialmente, a polícia suspeitava que a queda da árvore teria ocorrido em consequência de fortes ventos que atingiram a região, mas foi constatado depois que o incidente está ligado a um incêndio.

Quando a PMR chegou ao local, o motorista já estava morto. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Patos de Minas. Outro homem foi socorrido por pessoas que passavam pela rodovia e levado a um hospital antes do Corpo de Bombeiros chegar. Ele sofreu ferimentos leves e passa bem.

 

Fonte da Reportagem: Portal G1/Alto Paranaíba / Foto Capa: Júlio Cesar/To Na Mídia Carmo do Paranaíba

Tags

0 Comentários “Após acidente com morte, Bombeiros retiram árvores às margens da BR-354 em Rio Paranaíba”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *