Após sofrer constantes agressões, mulher mata marido e se entrega para a PM em distrito de São Gotardo

Usar em reportagens de morte sem fotos

Na noite deste domingo (12/11) no distrito da Agrovila em São Gotardo, uma mulher de 32 anos se entregou para a polícia, após assassinar seu próprio amásio na residência onde eles e suas duas filhas moravam. O crime ocorreu, após a autora ser agredida pela vítima durante uma briga do casal. O homem estaria sob efeito de bebidas alcoólicas e teria além de agredido a mulher, ameaçado atear fogo na residência da família. A autora foi presa em flagrante e encaminhada para o quartel da PM.

Segundo informações da Polícia Militar de São Gotardo, por volta das 20:50 da noite, a polícia foi informada sobre o homicídio pela própria autora do crime. De acordo com o depoimento da mulher para a PM, a vítima, um homem de 49 anos, constantemente praticava agressões contra a autora, tendo na última briga, ameaçado atear fogo na casa onde eles moravam com toda sua família dentro. Ainda de acordo com o relato da mulher, além das agressões, o homem também havia tentando estuprar suas duas filhas, de 13 e 15 anos.

Na noite deste último domingo (12) após mais uma briga do casal, a mulher aproveitou de um momento em que o homem estava deitado em uma rede e acertou um golpe certeiro em sua cabeça com uma barra de ferro. Ciente do crime cometido, a mulher ligou para o quartel da Polícia Militar de São Gotardo e se entregou para a PM. Uma guarnição policial se deslocou até o local descrito pela autora e confirmou o crime.

Ariany S. S., natural da cidade de Uberaba-MG, foi presa em flagrante pela Polícia Militar e encaminhada para a Polícia Civil para demais providencias judiciais. A perícia técnica da Polícia Civil também foi acionada e se deslocou até o local do crime para a realização de seu trabalho. O corpo de Jorge da Cruz M., natural de Pedreiras-MA, foi encaminhado para o IML na cidade de Patos de Minas, onde foi posteriormente liberado para seu sepultamento.

 

Reportagem: Diego Oliveira/Portal SG AGORA / Fonte da Reportagem: Polícia Militar de São Gotardo

Tags

0 Comentários “Após sofrer constantes agressões, mulher mata marido e se entrega para a PM em distrito de São Gotardo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *