Após vídeo de Jorge, Prefeitura e Assistência Social de São Gotardo apresentam sua defesa sobre o caso do morador de rua

Nesta quinta-feira (08/01) após a reportagem com o vídeo de Jorge ser exibido pelo SG AGORA, a Prefeitura mais a Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social de São Gotardo, procuraram nossa equipe para apresentar suas provas sobre o caso do morador de rua. De acordo com a Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social, Jorge já teria sido ajudado diversas vezes por todos os departamentos que prestam assistência a pessoas com problemas em São Gotardo.

Segundo informações de Astrogildo de Castro Pinheiro, Secretário da Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social de São Gotardo, somente na gestão do atual Prefeito Seiji Sekita, Jorge já foi internado três vezes e teria fugido em todas as ocasiões. Alem disso, o próprio Prefeito de São Gotardo teria oferecido trabalho para o morador de rua.

Jorge tem problemas desde criança e devido a traumas acabou se perdendo durante a vida. Matildez, Coordenadora do CREAS de São Gotardo, contou a nossa equipe, que tanto Jorge quanto sua mãe, já foram ajudados diversas vezes, através de internações para o filho, quanto na assistência psicológica para a mãe, uma vez que, quando uma pessoa é internada para se recuperar, sua família precisa ser preparada psicologicamente para agir corretamente quando a pessoa retornar a Lar. Alem disso, o paciente quando internado precisa ter apoio da família constantemente, pois o processo é extremamente delicado e sem estímulo, consequentemente o paciente desiste do tratamento.

Ainda sobre ajudar o rapaz, tanto Matildez quanto Astrogildo, disseram a nossa equipe e inclusive apresentaram provas, sobre quantas vezes Jorge já foi ajudado. Nos processos apresentados, constavam diversos encaminhamentos a clínicas de recuperação, lista de enxovais exigidos pelas clínicas, maços de cigarro, fora ajudas como roupas, comida e trabalho oferecido ao morador de rua.

A última vez que Jorge foi internado, o mesmo fugiu da clínica e ficou desaparecido por mais de quatro meses e quando apareceu, vistou a Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social anunciado seu retorno a São Gotardo.

Astrogildo também nos contou, sobre um programa fornecido pelo Governo Federal chamado “Aliança pela Vida”, dentro do programa, o dependente químico(maior problema de Jorge) alem de ganhar a internação, recebe uma ajuda de custo fornecida pelo governo para despesas mensais, alem do mais a pessoa trabalha dentro da clínica e desenvolve diversas novas habilidades que podem ser usadas como ferramentas de trabalho ao paciente recuperado.

Sobre o fato de Jorge dormir no jardim do Banco do Brasil, Astrogildo nos apresentou um documento em que confirma que quem pediu a saída de Jorge do local onde hoje ele dorme, foi o departamento jurídico do Banco do Brasil e não a Câmara Municipal. Tanto Astrogildo quanto Matildez, disseram que diversas pessoas do CREAS, CRAS e da Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social de São Gotardo ficaram chateadas com a declaração de Jorge e acharam injustas, pois segundo eles, o rapaz é a pessoa que mais foi ajudada em São Gotardo pelos órgãos da Prefeitura e tem bom relacionamento com todas as pessoas envolvidas.

Ainda segundo o Secretário e a Coordenadora, um novo processo com pedido de uma nova internação para Jorge, foi enviado no dia 07/01 e aguarda resposta do Juiz. Neste mesmo dia, Jorge também foi encaminhado para o CAPS.

Sobre a casa que Jorge tanto sonha, o Secretário disse que o rapaz poderia facilmente entrar no Programa “Minha Casa, Minha Vida” e conseguir realizar seu sonho, porem, antes, precisa estar trabalhando de carteira assinada para que consiga ter o processo aprovado.

Após escutar ambos envolvidos no caso, o SG AGORA espera que tudo seja resolvido da melhor maneira possível e que o morador de rua consiga voltar a viver uma vida normal e digna, porem Jorge precisa realmente querer isso. Mais uma vez nossa equipe reforça que se dispões, caso Jorge seja internado novamente a disponibilizar nosso espaço de divulgação para que fundos ou materiais de enxovais exigidos em uma internação possam ser arrecadados.

Caso alguém queira abraçar a causa ainda mais e tentar ajudar Jorge a conseguir sua casa, nossa equipe pede para que tome frente, pois não temos conhecimento de como poderíamos ajudar o morador de rua a ganhar ou conseguir entrar em algum programa do Governo para conseguir seu tão sonhado Lar. E que conte com nossa equipe para divulgar algo casa seja preciso.

A equipe do SG AGORA também agradece pela educação em que foi recebido, tanto por Jorge, quanto pela Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social de São Gotardo.

 

Texto: Diego Oliveira – SG AGORA

Tags

0 Comentários “Após vídeo de Jorge, Prefeitura e Assistência Social de São Gotardo apresentam sua defesa sobre o caso do morador de rua”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

O Portal SG AGORA quer saber, você é a favor, contra ou indiferente ao fechamento do comércio local considerado não essencial em São Gotardo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...