Argentino Pratto não perdoa, São Paulo perde várias chances e Atlético Mineiro segue firme na ponta do Brasileirão

Lucas Pratto caiu nas graças da torcida do Atlético e não foi à toa. O argentino empolgou os torcedores desde os primeiros jogos, e nesta quarta-feira, diante do São Paulo, ele teve uma exibição de gala. Em noite em que o Galo começou o jogo de forma instável, o atacante foi a solução para acabar com as chances do Tricolor. Ele fez os três gols da vitória alvinegra por 3 a 1. Alexandre Pato marcou para os visitantes.

Apesar do placar construído no primeiro tempo, o Galo passou por muitos sustos no Gigante da Pampulha. O São Paulo perdeu várias oportunidades no começo da partida, e o castigo veio com a eficiência de Lucas Pratto. As três bolas na rede tornaram o argentino o vice-artilheiro do Nacional, com sete gols. Ele também é o estrangeiro com mais gols com a camisa do Galo, 17 até o momento.

Com a antecipação da rodada, Atlético e São Paulo voltam a jogar no Nacional apenas no dia 9 de agosto. O Galo encara o Goiás no Serra Dourada e o Tricolor tem o clássico com o Corinthians, no Morumbi.

Confiram os gols da partida:

Pratto principal

O São Paulo começou melhor no Mineirão. Mais presente no campo de ataque, o Tricolor conseguiu neutralizar o início de jogo do Atlético, até então acostumado a ter mais posse de bola e impor o seu ritmo contra os adversários. O time de Levir Culpi apresentava lentidão na saída de bola e falhas na marcação.

Errar quando um time fatal como o Atlético costuma ter seu preço. E o São Paulo provou uma velha máxima do futebol: “quem não faz, toma”. Depois de perder tantos gols, a equipe paulista começou a assistir o show de Lucas Pratto.

O Galo se encontrou em campo a partir dos 15 minutos iniciais. Em noite cirúrgica, o argentino Lucas Pratto não perdoou as chances criadas. No primeiro gol, ele teve a sorte dos atacantes competentes e, com o ombro esquerdo, pegou o rebote de Rogério Ceni, após finalização do próprio artilheiro, para balançar as redes.

O segundo tento alvinegro nasceu de bela jogada pelo lado esquerdo. Giovanni Augusto recebeu de Douglas Santos e deixou Pratto na cara do gol, o argentino desviou de Rogério Ceni com um toque de classe, ao seu estilo, de primeira.

A parceria entre Giovanni e Pratto continuou em alta sintonia. O meia passou para o camisa 9 ajeitar e marcar o terceiro gol do Atlético no Gigante da Pampulha.

O crescimento do Galo na partida não impediu o São Paulo de continuar a ameaça ao gol de Victor. Alexandre Pato perdeu uma chance clara, e em outra parou no camisa 1 do Atlético. Ganso também acertou a trave.


atletico_x_sao_paulo

Segundo tempo

O ritmo começou mais lento para as duas equipes no segundo tempo. Porém, o São Paulo não desistiu dos arremates ao gol de Victor, principalmente em jogadas aéreas.

Em uma delas, Ganso encontrou Pato nas costas de Marcos Rocha, e o atacante fez, de cabeça, o gol dos visitantes.

Depois que o São Paulo descontou, o Atlético passou a ficar mais no campo de ataque. Nos contra-ataques, Victor fazia o papel de líbero.

O técnico Levir Culpi não atendeu os apelos da torcida e deixou Guilherme fora do jogo. No fim do segundo tempo, o Galo atuou com Rafael Carioca, Leandro Donizete, Danilo Pires e Josué,

ATLÉTICO 3 X 1 SÃO PAULO

Atlético
Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca, Giovanni.Augusto (Josué) e Cárdenas (Carlos); Thiago Ribeiro (Danilo Pires) e Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi.

São Paulo
Rogério Ceni; Thiago Mendes, Rafael Toloi, Rodrigo Caio, Lucão e Reinaldo (Auro); Hudson (Centurión), Ganso e Michel Bastos; Alexandre Pato e Luís Fabiano (Boschilia). Técnico: Juan Carlos Osorio.

Gols: Lucas Pratto (aos 20, 27 e 43 do primeiro tempo); Alexandre Pato, aos 14 (segundo tempo)

Motivo: 16ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Mineirão
Data e hora: quarta-feira, 29 de julho, às 22h

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA / FIFA)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR / FIFA) e Marcio Gleidson Correia Dias (PA)
Cartões amarelos: Thiago Mendes (São Paulo)
Público pagante: 47.606
Renda: R$ 1.798.010

"Urso" como é conhecido na Argentina, deixou sua marca três vezes contra o São Paulo.

Reportagem: http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/atletico-mg/2015/07/29/noticia_atletico_mg,316070/pratto-nao-perdoa-erros-do-sao-paulo-e-marca-tres-gols-na-vitoria-do-lider-galo-no-mineirao.shtml

0 Comentários “Argentino Pratto não perdoa, São Paulo perde várias chances e Atlético Mineiro segue firme na ponta do Brasileirão”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

O Portal SG AGORA quer saber, você é a favor, contra ou indiferente ao fechamento do comércio local considerado não essencial em São Gotardo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...