Atlético poupa titulares, vacila na bola aérea do Grêmio e perde mais uma no Brasileiro

Foto capa: Superesportes
Foto capa: Superesportes

O Atlético voltou a ser derrotado no Campeonato Brasileiro. Com os reservas em campo, já que os titulares foram preservados para o jogo decisivo da Copa Libertadores na próxima quarta-feira, o Galo foi derrotado pelo Grêmio por 2 a 0, gols de Pedro Rocha e Fernandinho, ambos em jogadas de bola aérea da equipe Tricolor. Robinho ainda teve chance de diminuir, mas cobrou pênalti de forma displicente no fim do jogo e o goleiro Paulo Victor defendeu.

Com a derrota, o Galo segue em queda no Campeonato Brasileiro. A equipe está na 14ª posição, com 23 pontos. Já o Tricolor mantém a perseguição ao Corinthians, com 39 pontos, oito a menos que o líder.

Agora o foco do Atlético volta à Copa Libertadores. Na quarta-feira, às 21h45, no Mineirão, o Galo recebe o Jorge Wilstermann. A equipe alvinegra precisa de uma vitória por dois gols de diferença para avançar na competição continental.

Confira os melhores momentos no vídeo abaixo: 

O jogo

Com pensamento apenas na Copa Libertadores, o técnico Rogério Micale escalou os reservas do Atlético para encarar o Grêmio. O Tricolor também poupou alguns atletas, mas teve alguns de seus principais jogadores de ataque em campo. E eles fizeram a diferença.

O Atlético começou em cima e, numa cobrança de falta, aos 4’, Valdívia obrigou Paulo Victor a fazer boa defesa. Na cobrança do escanteio, a zaga do Grêmio afastou e Alex Silva, ao tentar dar um chutão, errou. O time gaúcho saiu em velocidade, Everton, pelo lado direito, cruzou para a área. Roger Bernardo marcou a bola e Pedro Rocha, nas costas do volante, empurrou de cabeça para o gol: 1 a 0.

Após o gol, o Atlético tentou não se desorganizar. Continuou com uma marcação no campo de defesa, tentando dar poucos espaços ao Grêmio, que tocava a bola com tranquilidade. Vez ou outra, o time gaúcho encontrava os espaços para levar perigo. Aos 26’, em outra bola no lado esquerdo da defesa alvinegra, Léo Moura recebeu livre e teve tempo para pensar. Ele cruzou para Pedro Rocha, livre, cabecear para boa defesa de Victor. No rebote, ninguém acompanhou Fernandinho, que apenas empurrou para o gol: 2 a 0.

O primeiro tempo do Galo foi sem qualquer tipo de criatividade. A equipe mostrou o esperado desentrosamento e pouco criou. Quem mais deu trabalho foi Valdívia, que investiu em jogadas individuais. Isolado no ataque, Elder pouco tocou na bola.

Para a etapa final, Micale voltou com Robinho no lugar de Elder. O time alvinegro levou um susto logo no início, quando Pedro Rocha finalizou, Victor espalmou e a bola explodiu na trave. Após isso, o Grêmio diminuiu o ritmo e o Atlético passou a assustar o adversário.

Leonan, em jogada individual, parou na defesa. Robinho, que apareceu pouco para o jogo, criou duas boas chances. Na primeira, finalizou por cima. Na segunda, parou no goleiro Paulo Victor. O técnico Rogério Micale mexeu na equipe buscando uma maior força ofensiva e o time teve a chance de diminuir aos 43 minutos da etapa final. Após escanteio, Bruno Rodrigo puxou a camisa de Bremer dentro da área. Pênalti marcado. Na cobrança, Robinho cobrou de forma displicente, alto no meio do gol. O goleiro Paulo Victor ficou parado e apenas levantou o braço para espalmar a bola. Vale ressaltar que, nos últimos dias, o camisa 7 treinou pênaltis na Cidade do Galo e sempre cobrou com firmeza, no canto. Fim de jogo e mais uma derrota do Galo.

 

Reportagem e foto: http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/atletico-mg/2017/08/06/noticia_atletico_mg,420396/atletico-poupa-titulares-vacila-na-bola-aerea-e-perde-mais-uma.shtml

Tags

0 Comentários “Atlético poupa titulares, vacila na bola aérea do Grêmio e perde mais uma no Brasileiro”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *