Error. Page cannot be displayed. Please contact your service provider for more details. (25)

Atlético pressiona Botafogo, mas empata no Horto e perde chance de encostar no G7

Foto capa: Superesportes
Foto capa: Superesportes

O Atlético insistiu, lutou, mas não saiu de empate sem gols com Botafogo, neste domingo, no Independência, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time de Oswaldo Oliveira criou as principais chances do jogo e pressionou até o último segundo. No entanto, os cariocas tiveram sucesso na proposta defensiva e somaram importante ponto em confronto direto com o Galo pela classificação à Copa Libertadores da América.

Com o resultado, o Atlético segue na 10ª colocação do Brasileiro, com 42 pontos. O Alvinegro está a cinco pontos do Flamengo, equipe que fecha o G7. Já o Botafogo sobe para o quinto lugar da tabela, com 48 pontos.

Na rodada seguinte, o Atlético visita o Santos na Vila Belmiro, no próximo sábado, às 17h. No mesmo dia, o Botafogo tem clássico contra o Fluminense, às 19h, no Engenhão.

Domínio atleticano na primeira etapa

Logo aos 4 minutos de jogo, o Atlético teve boa chance de abrir o placar. Após boa troca de passes na intermediária, Otero ficou com a bola, cortou para dentro da área e bateu forte, rasteiro. O goleiro Gatito Fernandez defendeu com o pé, e o rebote sobrou para o próprio venezuelano. Apesar do gol aberto, ele mandou para fora. O Galo manteve as investidas, enquanto o adversário reforçava a marcação à espera dos contra-ataques.

Pelo lado do Atlético, Otero e Robinho arriscavam as principais jogadas. Aos 31min, o camisa 7 atleticano arrancou em velocidade, invadiu a área e finalizou cruzado, para a defesa firme de Gatito. Pouco depois, o atacante apareceu novamente, acionando Fábio Santos, na ponta esquerda. O lateral descolou o cruzamento, mas Valdívia, na pequena área, cabeceou em cima do goleiro.

Pressão e mais chances perdidas

Na volta para o segundo tempo, o técnico Oswaldo de Oliveira sacou Valdívia e colocou Cazares no Atlético. Com a entrada no equatoriano, o Galo ficou mais ágil e sufocou o Botafogo, completamente preso na marcação e sem efetividade ofensiva. Aos 5min, a oportunidade caiu nos pés de Fábio Santos, após bela inversão de bola de Marcos Rocha. A conclusão do lateral-esquerdo, porém, ficou fácil para a defesa de Gatito. Aos 10min, outra chance do time mineiro: Cazares recebeu de Robinho, mas mandou para fora.

A pressão do Atlético prosseguiu, e Otero voltou a ameaçar Gatito. O meia venezuelano pegou sobre de bola na entrada da área e bateu com estilo. A bola passou à direta do gol. Retraído durante grande parte do jogo, o Botafogo apareceu com bastante perigo aos 29 minutos. Arnaldo avançou pela ponta direita e cruzou para Pimpão, que lançou Guilherme. O atacante dribla o zagueiro, ficou cara a cara com Victor e soltou uma bomba. Na primeira bola difícil do jogo, o goleiro atleticano fez ótima defesa à queima-roupa.

Os minutos finais deram ainda mais emoção aos torcedores. Aos 38min, Rafael Moura, que acabara de entrar em campo na vaga de Otero, recebeu passe na intermediária, cortou a finalizou rasteiro. A bola explodiu na trave direita de Gatito. Na sequência, o centroavante teve uma oportunidade mais clara para balançar a rede. O ‘He-Man’ recebeu cruzamento na área e tocou de cabeça, mas mandou rente à trave esquerda.

Aos 44 minutos, os jogadores do Atlético pediram pênalti após um possível toque de braço de Igor Rabello dentro da área. O árbitro Sandro Meira Ricci mandou o jogo seguir. Clayton ainda substituiu o cansado Robinho no Galo. Apesar do abafa e dos cruzamentos nos instantes finais, o time mineiro não conseguiu superar a defesa do Botafogo: 0 a 0, no Horto.

 

Reportagem original: http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/atletico-mg/2017/10/29/noticia_atletico_mg,438295/atletico-pressiona-botafogo-empata-no-horto-e-longe-do-g7-brasileiro.shtml

Tags

0 Comentários “Atlético pressiona Botafogo, mas empata no Horto e perde chance de encostar no G7”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *