Com ajuda da religião e da música, ex-presidiário transforma sua vida dentro de penitenciária em Carmo do Paranaíba

Foto Capa: Divulgação/VOZ DO CATIVEIRO

Uma prova que a música e a religião podem transformar vidas. Durante a última semana nos estúdios do Portal SG AGORA, nossa equipe de reportagens conversou com um homem que transformou sua vida dentro da penitenciária, através da religião e da música. Moisés Henrique Roque, de 32 anos de idade, cantor e compositor da dupla VOZ DO CATIVEIRO, ex-presidiário e natural de Mogi Guaçu no interior de São Paulo, contou seu relato de vida aos nossos repórteres e emocionou todos os presentes durante a entrevistas exclusiva ao Portal SG AGORA.

Confira o clipe da dupla VOZ DO CATIVEIRO:

A história do ex-presidiário e membro da Igreja Assembléia de Deus Madureira de São Gotardo, começou no ano de 1999. O até então jovem adolescente, foi apresentado ao crime e as drogas com 16 anos de idade e desde então já praticava pequenos delitos. Ao completar 20 anos, Moisés foi preso pelo crime de furto e dentro da prisão começou a escrever sua história “negativa” se tornando um dos detentos mais problemáticos de todas as prisões que passou. A pena de 2 anos a ser cumprida, se transformou em 8, devido aos vários problemas dentro da cadeia.

Após ser solto pela justiça, Moisés se fixou na cidade de Patrocínio e mais uma vez foi influenciado pelo crime. Através das influências e seu espírito de liderança adquirido dentro da prisão, o ex-presidiário começou a dominar o tráfico de drogas na cidade o que incomodou outros traficantes ou líderes de facções. O “crime”, como Moisés se referiu na reportagem, encomendou sua morte e a mesma aconteceria no dia 02 de Novembro de 2012.

Ao andar em uma rua de Patrocínio, o ex-presidiário notou a presença de homens lhe perseguindo e tentou se esconder. Durante a fuga, Moisés acabou no telhado de uma casa e, ao ser encurralado por vários homens armados com revólveres, ajoelhou e pediu perdão a Deus por todos os crimes cometidos. Nascido em família evangélica, Moisés nunca se dedicou a religião até se aprofundar do assunto dentro da prisão. Mesmo não sendo um dos homens mais religiosos até então, o ex-presidiário classificou como milagre, a aparição de uma viatura policial, no momento em que ele seria executado pelo “crime”. Com a chegada da polícia, os homens que executariam o traficante fugiram com medo de serem presos.

Em um momento bastante emocionante da entrevista, Moisés contou que ao descer do telhado para ser autuado, os policiais não compreenderam a felicidade do homem em ser preso mais uma vez. Dentro do bolso do ex-presidiário, uma pequena porção de crack foi encontrada e ele acabou sendo encaminhado para a prisão. Moisés conta que apenas chorava e agradecia a Deus, enquanto era levado pela PM e que jamais se esquecerá do dia 02 de Novembro de 2012 em sua vida.

Com a prova de que Deus havia aparecido em sua vida e que a fé poderia transformar sua história, Moisés fez a promessa de nunca mais entrar no mundo do crime. Com a ajuda da religião, o ex-detendo começou usar seu poder de liderança dentro da cadeia, para influenciar outros presos a pararem de cometer crimes e terem uma vida mais digna. Encaminhado para o presídio na cidade de Carmo do Paranaíba após ser preso pelo crime de tráfico de drogas em Patrocínio(02/11/12), Moisés conheceu o detento Agnaldo no ano de 2013 dentro da cadeia e foi aí que a música também começou a transformar ainda mais a vida do ex-detento.

Moisés e Agnaldo ficaram amigos e decidiram formar uma dupla musical, para seguirem a missão de transformar pessoas através da religião. Guardadas desde sua primeira prisão, Moisés mostrou várias composições para o amigo e eles começaram a criar melodias para as canções. Com várias músicas e louvores criados, a dupla Moisés e Agnaldo se transformou em: VOZ DO CATIVEIRO.

CLIQUE AQUI E CONFIRA O CANAL DO YOUTUBE DA DUPLA VOZ DO CATIVEIRO

Formada oficialmente no ano de 2013, os cantores evangélicos da VOZ DO CATIVEIRO começaram a realizar pequenos cultos e shows dentro da prisão e decidiram gravar o primeiro CD da dupla. Com 12 faixas exclusivas e autorais, o CD Quebrando Barreiras, foi gravado em um estúdio na cidade de Carmo do Paranaíba. Através de pedidos judiciais, escolta policial e procedimentos padrões para saída de detentos de dentro da cadeia, Moisés e Agnaldo gravarem seu primeiro CD da dupla VOZ DO CATIVEIRO algemados. Com a ajuda do Juiz de Carmo do Paranaíba e um amigo que Moisés conheceu na prisão enquanto foi transferido para ajudar a melhorar a conduta de presos em uma casa de apoio, mil cópias foram editadas e gravadas pelo estúdio JR Stúdios e o sonho dos cantores pôde em fim se tornar realidade.

Com a liberdade adquirida desde o início de 2016, Moisés conheceu o Pastor Paulo da Igreja Assembléia de Deus Madureira de São Gotardo, que, comovido com sua história e com a certeza que sua missão estava apenas começando, convidou o ex-presidiário para se mudar para São Gotardo. Moisés não hesitou em aceitar o convite e se mudou para São Gotardo para cumprir sua nova missão. Desde então, o cantor evangélico, compositor e ex-presidiário, dedica seu tempo a propagar sua religião e também sua dupla em toda região do Alto Paranaíba.

img_1276Através de visitas em rádios, igrejas evangélicas, cultos em casas de amigos, entre outros eventos, Moisés espera ansiosamente pela liberdade de seu parceiro Agnaldo, para que eles possam realizar o grande sonho de suas vidas: Realizar um show aberto ao público para apresentarem oficialmente o trabalho da dupla VOZ DO CATIVEIRO. Agnaldo, de 34 anos, foi preso pelo crime de homicídio e deverá ser solto pela justiça em breve. O homem e parceiro de Moisés está preso há mais de 8 anos.

Além da divulgação de seu trabalho musical, Moisés também aproveitou a reportagem, para divulgar a campanha: “VC”(VOZ DO CATIVEIRO). Através de fotos com o maior número de pessoas possíveis realizando as siglas “VC” com as mãos, a campanha tem o intuito de divulgar a esperança de mudança das pessoas, seja qual for o problema ou dificuldade vividas por elas. Todas as fotos dos participantes da campanha são divulgadas no FACEBOOK oficial da dupla VOZ DO CATIVEIRO(Para acessar o Facebook da dupla clique aqui). Moisés espera atingir pelo menos 10 mil fotos em sua campanha, para chamar a atenção em causas de recuperação de ex-presidiários.

Para quem desejar conhecer mais sobre o trabalho da dupla VOZ DO CATIVEIRO e a história de vida do cantor e ex-presidiário Moisés Henrique Roque, poderá entrar em contato através dos telefones (34)9-9968-9433 ou (34)9-9180-4525. A dupla também está presente no Facebook, Youtube e Instagram através do nick: VOZDOCATIVEIRO. O Portal SG AGORA agradece a visita recebida em nossos estúdios e aproveita para divulgar que nossa equipe de reportagens está de portas abertas para conhecer mais histórias como esta.

Parabéns a dupla VOZ DO CATIVEIRO!

Confira as fotos da campanha “VC” e também de algumas apresentações da dupla VOZ DO CATIVEIRO:

 

Reportagem: Diego Oliveira/Portal SG AGORA / Fonte da Reportagem e Fotos: Divulgação/VOZ DO CATIVEIRO

Tags

0 Comentários “Com ajuda da religião e da música, ex-presidiário transforma sua vida dentro de penitenciária em Carmo do Paranaíba”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

O Portal SG AGORA quer saber, você é a favor, contra ou indiferente ao fechamento do comércio local considerado não essencial em São Gotardo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...