Cruzeiro vence adversário “direto” e continua sonhando com vaga em Libertadores de 2016

É possível sonhar com a Libertadores, iniciando um segundo turno lutando para não cair, com uma equipe desmotivada, sem prospecção de melhora? Sim, é possível! E, pela 11ª rodada consecutiva, o Cruzeiro vem provando isso no Campeonato Brasileiro. Não deu chances ao concorrente direto Sport, neste domingo, no Mineirão, vencendo por 3 a 0 e mantendo a sequência invicta na competição. E mais: deixando o sonho da Libertadores mais vivo que nunca, já que ficou a três pontos do Santos, na quarta colocação, último lugar do G-4.

Confiram os melhores momentos da partida:

Os gols do Cruzeiro foram todos no segundo tempo, em oito minutos – dos 13 aos 21 minutos. Willians marcou o primeiro, Durval (contra), o segundo, e Marcos Vinícius fez o terceiro. A equipe mineira chegou aos 51 pontos, com 11 partidas de invencibilidade, ficando a um do Sport, que buscava uma sequência de vitórias para ficar mais perto do G-4.

O Cruzeiro volta a campo no próximo sábado, quando encara o Palmeiras, na Arena Palmeiras, às 19h30 (de Brasília). Também pela 36ª rodada, o Sport recebe o Atlético-PR, domingo, às 19h30, na Ilha do Retiro.

O primeiro tempo começou com o Cruzeiro em cima, tentando levar perigo em jogadas pelas pontas. Alisson e Marcos Vínicius tentavam, mas estavam presos na marcação. O Sport saía quando tinha segurança e levava perigo, principalmente com Renê, pela esquerda, e Marlone, na direita. Mais organizado, o time pernambucano foi mais efetivo nas finalizações, em lances protagonizados por Diego Souza e em um que quase Bruno Rodrigo fez contra. Com o nariz sangrando, Wendel foi substituído por Ronaldo aos 39 minutos.

Mas sabe aquele Cruzeiro um pouco confuso em campo? Esqueça ele. No segundo tempo, foi o Cruzeiro de Mano Menezes. Seguro na defesa e eficiente no ataque. Assim, a vitória foi logo garantida. Para ser exato, três gols em oito minutos. O artilheiro, improvável, foi Willians. Marcou um de pênalti aos 13, três minutos depois contou com a ajuda de Durval para o Cruzeiro marcar mais um. O gol foi creditado ao zagueiro do Sport. Depois foi a vez de Marcos Vinícius, que em boa arrancada, deixou o zagueiro para trás e bateu na saída de Danilo Fernandes. Depois foi só segurar o resultado e comemorar no Mineirão, enquanto os jogadores do time pernambucano, especialmente Diego Souza, reclamavam muito da arbitragem.

fup20151115593
Jogadores do Cruzeiro comemoram vitória junto à torcida/Foto:Estadão Conteúdo

Ficha do jogo Cruzeiro 3 x 0 Sport:

Cruzeiro
Fábio; Ceará (Fabiano), Manoel, Bruno Rodrigo e Fabrício; Henrique, Willians e Ariel Cabral; Alisson (Leandro Damião), Willian e Marcos Vinícius (Marquinhos)
Técnico: Mano Menezes

Sport
Danilo Fernandes; Oswaldo, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Ronaldo), Diego Souza, Marlone (Maikon Leite) e Neto Moura (Régis); André
Técnico: Falcão

Motivo: 35ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Mineirão
Data: 15 de novembro (domingo)

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Rodrigo Henrique Correa (RJ) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
Cartão amarelo: Willian e Willians (Cruzeiro); Diego Souza, André e Régis (Sport)

Gols: Willians, aos 13 minutos do 2º tempo; Durval (contra), aos 16 minutos; e Marcos Vinícius, aos 21 minutos do 2º tempo

Pagantes: 25.851
Renda: R$ 701.652,00

 

Fonte da reportagem e fotos: Globo Esporte / Superesportes / Vídeo: Youtube

0 Comentários “Cruzeiro vence adversário “direto” e continua sonhando com vaga em Libertadores de 2016”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

O Portal SG AGORA quer saber, você é a favor, contra ou indiferente ao fechamento do comércio local considerado não essencial em São Gotardo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...