Decisão da Copa do Brasil terá renda superior a R$ 5 milhões e maior operação da história da Arena

622_10caecd8-b503-3519-99db-59948f02f78f
Foto Capa: http://espn.uol.com.br/noticia/603896_cbf-divulga-tabela-com-detalhes-da-3-fase-da-copa-do-brasil

A maior operação da história da Arena será posta em prática para a decisão da Copa do Brasil, quarta-feira, entre Grêmio e Atlético-MG.

O esquema envolve alterações no trânsito, tanto na chegada quanto saída, antecipação na liberação das rampas de acesso ao estádio, reforço na equipe médica, superpoliciamento e estrutura para abrigar pelo menos 200 ônibus de excursão. A renda deverá chegar a R$ 5,5 milhões, recorde não apenas na Arena como no futebol gaúcho.

– A tragédia que envolveu a Chapecoense chocou a todos, provocou desânimo, mas, aos poucos, as atividades são retomadas. Preparamos a maior estrutura de serviço desde nossa inauguração – informa Marcelo Jorge, presidente da Arena Porto-Alegrense, a gestora do estádio.

Os portões serão abertos às 18h45min, três horas antes do início do jogo. Como já se espera uma intensa circulação de torcedores no entorno da Arena bem antes disso, estuda-se abrir as rampas às 17h45min, o que irá desafogar as vias de acesso e gerar maior fluidez no trânsito de carros.

– Haverá uma série de atrações na esplanada antes do jogo – diz Marcelo Jorge.

Antes da partida, a Voluntários da Pátria contará com sentido único em direção ao estádio, a partir da rótula da Dona Teodora. A EPTC deverá determinar que, encerrado o jogo, o sentido também seja único na direção do Centro.

Desde 8h, o estacionamento E-2, que atende a parte externa, já estará aberto para absorver profissionais envolvidos com o jogo, sejam eles da própria Arena ou de veículos de comunicação. Às 17h, ele será liberado para o público.

A linha de ônibus Futebol, utilizada em dias de jogos, terá tráfego exclusivo pela A.J. Renner, liberando a Voluntários da Pátria somente para carros.

Excursões são aguardadas das mais variadas regiões do Estado. Por isso, já está definido que os cerca de 200 ônibus ficarão estacionados na rua José Pedro Boéssio, o que facilitará tanto a chegada quanto o retorno.

Serão 2,5 mil pessoas envolvidas com o atendimento ao torcedor. Haverá 250 seguranças, 450 orientadores, pelo menos mil encarregados com a área de alimentação, entre vendedores ambulantes, atendentes e nutricionistas distribuídos em 80 bares, 50 deles na parte interna e 30 na esplanada.

O atendimento de saúde será reforçado em comparação com outros jogos e contará com seis ambulâncias e salas com médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem distribuídas nos quatro anéis do estádio.

A derrota no primeiro jogo não tirou o ânimo dos torcedores do Atlético-MG. Da cota de 2 mil ingressos enviada ao clube, 1.850 haviam sido vendidos até sexta-feira.

O público aguardado é de 55,3 mil torcedores. Desta vez, caso o Grêmio conquiste o título, nenhum deles irá se incomodar com a habitual demora na saída da Arena, um problema cuja resolução passa por um entendimento com a futura administração municipal.

 

Reportagem Original: http://zh.clicrbs.com.br/rs/esportes/gremio/noticia/2016/12/decisao-da-copa-do-brasil-tera-renda-superior-a-r-5-milhoes-e-maior-operacao-da-historia-da-arena-8613241.html

Tags

0 Comentários “Decisão da Copa do Brasil terá renda superior a R$ 5 milhões e maior operação da história da Arena”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

De todos os shows da Fenacen 2019, qual atração você mais gostou?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...