Denúncia anônima e câmeras do “olho vivo” ajudam a PM a evitar possível crime em São Gotardo

Foto Capa: Assessoria de Comunicação Organizacional da 216ª CIA da PM/15ºBPM
Foto Capa: Assessoria de Comunicação Organizacional da 216ª CIA da PM/15ºBPM

Na noite deste último domingo (11/11) em São Gotardo, um homem de 36 anos de idade foi preso e uma arma com sete munições foram apreendidas, pela Polícia Militar de nossa cidade. A prisão e apreensões ocorreram graças a ajuda de uma denúncia anônima e as câmeras do sistema de segurança “olho vivo”, que monitoraram o suspeito e ajudaram na sua localização. A arma apreendida, provavelmente seria utilizada para o autor cometer um crime, uma vez que estava carregada com dois cartuchos prontos para serem disparados.

Segundo informações da Assessoria de Comunicação Organizacional da 216ª CIA da PM/15ºBPM, por volta das 23:00 horas, através de ligação anônima via 190, foi repassada a informação que um homem estaria deslocando de Guarda dos Ferreiros para a cidade de São Gotardo portando uma arma de fogo (espingarda). O denunciante informou ainda a PM que o suspeito estaria com a intenção executar uma mulher que se encontrava no “Bar da
Vanusa”, situado na Avenida Rui Barbosa, em São Gotardo.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADEUNINTER_Graduacao-e-pos

Diante da informação e com o apoio do monitoramento do sistema de segurança “Olho Vivo”, guarnições policiais deslocaram até o local onde o suspeito se encontrava. Após realizar a abordagem inicial no homem, foi realizada busca pessoal no mesmo, sendo localizadas no bolso de sua calça 05 munições calibre 36.
Nas imediações onde o suspeito se encontrava, foi localizada uma espingarda cartucheira do mesmo calibre, atrás de um monte de entulho. A espingarda estava carregada com 02 (dois) cartuchos prontos para uso, totalizando assim 07 (sete) cartuchos.

Diante de tal situação, o homem foi preso em flagrante delito e conduzido à Delegacia de Plantão da Polícia Civil na cidade de Patos de Minas para as demais providências, juntamente com a arma e munições apreendidas. Em seu depoimento, o homem identificado com o nome Alcides, confessou ser o dono da arma mas negou qualquer intenção criminosa, dizendo que um amigo iria levar a arma para o Estado do Maranhão.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADEAncora-primavera-3

 

Reportagem: Diego Oliveira/Portal SG AGORA / Fonte da Reportagem e Foto Capa: Assessoria de Comunicação Organizacional da 216ª CIA da PM/15ºBPM

Tags

0 Comentários “Denúncia anônima e câmeras do “olho vivo” ajudam a PM a evitar possível crime em São Gotardo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

Qual foi o melhor show da FENACEN 2019?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...