Feliciano pede cassação de líder do PT e ganha apoio de Eduardo Bolsonaro

source
Marco Feliciano arrow-options
Michel Jesus/ Câmara dos Deputados – 29.5.19

Marco Feliciano quer que o líder do PT no Senado, Humberto Costa, seja investigado

O deputado federal Marco Feliciano (Pode-SP) enviou ao procurador-geral da República, Augusto Aras, um pedido para que o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE) seja investigado por supostamente ter cometido crime contra a segurança nacional por conta de uma postagem no Twitter em 19 de outubro onde comentava sobre as manifestações no Chile.

Leia também: Frota ironiza Bolsonaro: “Prometeu acabar com o PT, mas só acabou com o PSL”

“Se Eduardo Bolsonaro tem que ser cassado, senador Humberto Costa também tem! Defesa da democracia não pode ser seletiva, caros Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia, pois senão é demagogia pura!”, escreveu Feliciano em seu Twitter na manhã deste sábado.

Pouco menos de uma hora depois, Eduardo Bolsonaro insinuou que fará o mesmo com parlamentares de esquerda, ao retuitar o deputado do Podemos e escrever: “Parabéns ao Feliciano. Também estou coletando posts e falas de parlamentares para representar no conselho de ética por conta de incitação a desordem e quebra da democracia. Acredito na imunidade parlamentar de todos nós, mas pau que dá em Chico também tem que dar em Fracisco”.

Leia também: Em semana de ataques à imprensa, Eduardo Bolsonaro lança campanha contra Globo

O pedido de Feliciano se dá após Eduardo também ser ameaçado de punição por ter declarado na última quinta-feira (31) que seria necessário “um novo AI-5” para conter o que chamou de esquerda radical. A fala do terceiro filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) gerou revolta e respostas de parlamentares de esquerda, direita, além de ministros e dos presidentes das duas Casas.

Para o parlamentar paulista, o petista cometeu crimes ao supostamente fazer apologia à violência nas ruas do Chile e incentivar uma guerra civil no Brasil. Em 19 de outubro e com uma foto de um prédio em chamas, Humberto Costa escreveu:

“A paciência do povo com a direita ultraliberal, fascista e entreguista está acabando em diversos lugares do mundo. Jair Bolsonaro está com os dias contados. É questão de tempo. A hora do Brasil vai chegar. Anotem aí”.

Humberto Costa arrow-options
Waldemir Barreto/Agência Senado

Líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE)

Leia também: Trapalhadas dos filhos colocam governo de Bolsonaro em xeque no Congresso

O pedido de Marco Feliciano contra Humberto Costa, agora, pode ser arquivado por Aras ou o PGR pode pedir que o STF abre um inquérito.

0 Comentários “Feliciano pede cassação de líder do PT e ganha apoio de Eduardo Bolsonaro”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

Em ano de Eleições Municipais, qual a sua nota para atual gestão política de São Gotardo? (Prefeitura e Câmara de Vereadores)

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...