Galo vira placar, mas cede empate ao Flamengo, em resultado ruim para ambos no Brasileiro

20161029185204453079u

Com um final de jogo emocionante, com direito a três gols em oito minutos, o Atlético acabou cedendo empate ao Flamengo aos 44 minutos do segundo tempo, no Mineirão. O time fez um primeiro tempo ruim, deu muitas chances ao rival, que abriu o placar. Na etapa final, o Galo lutou muito, conquistou a virada. Mas no final da partida, Guerrero empatou o confronto em 2 a 2, frustrando os mais de 40 mil atleticanos que foram ao Gigante da Pampulha.

O resultado não foi comemorado por nenhum dos dois, já que desperdiçaram a oportunidade de se aproximarem mais do líder do Campeonato Brasileiro. O Palmeiras perdeu nesta rodada para o Santos, na Vila Belmiro, mas tem cinco pontos de vantagem sobre o Flamengo, restando apenas cinco rodadas. Já o Atlético está a sete pontos do líder. O Alvinegro ainda perdeu a terceira colocação para o Santos, que tem 61 contra 60 dos mineiros.

O Galo, agora, esquece o Campeonato Brasileiro. Na quarta-feira, a equipe busca uma vaga na final da Copa do Brasil. Depois de vencer o Internacional, por 2 a 1, em Porto Alegre, o clube recebe os gaúchos no Independência.

Assista os melhores momentos do jogo no vídeo abaixo:

Desorganização alvinegra

Não era de se esperar outro cenário: as duas equipes miraram o gol. Cada uma com sua proposta. O Atlético iniciou o jogo na pressão, empurrado pela torcida. Mas durou pouco. O time armado ofensivamente, com a entrada de Cazares no lugar de Clayton, pecou na construção das jogadas. Foram muitos erros.

O quarteto Otero, Cazares, Robinho e Fred produziu pouco para o potencial da formação. As oportunidades foram isoladas. Aos 10 minutos, Fred dominou na entrada da área, chutou e Alex Muralha espalmou. Aos 19, o centroavante recebeu de Otero, mas bateu fraco nas mãos do goleiro. Já aos 24, após tabelar com Robinho, foi a vez de Fábio Santos finalizar mal.

Se no ataque faltou um padrão de jogo que correspondesse à qualidade da equipe, na defesa faltou organização. Mais uma vez, o Galo marcou mal. Deu espaços, possibilitou seguidas chances ao Flamengo, muitas pelo lado direito. Foram dois lances com Fernandinho – aos dois e aos 34 minutos, ambos defendidos por Victor.

Aos 32 minutos, na disputa da bola pelo alto, a defesa do Atlético se atrapalhou no posicionamento. A bola ficou livre para Diego. O meia chutou, a bola desviou em Gabriel e enganou Victor: 1 a 0 para os cariocas.

Após o gol, o Galo se desorganizou de vez no ataque e na defesa. Graças a Victor, aos 40 minutos, o time escapou de levar o segundo gol. No cruzamento, Guerrero, de frente para a meta, cabeceou e o goleiro atleticano fez excelente intervenção.

Virada e frustração

Marcelo Oliveira reorganizou o time. Para melhorar a recomposição, sem perder poder ofensivo, o técnico sacou Cazares para a entrada de Luan. O Galo criou chances, com Otero, cobrando falta logo no primeiro minuto, com Urso e Robinho, ambos dividindo a bola com Muralha, mas seguiu passando algumas dificuldades defensivas. Aos 15 minutos, Erazo só não marcou contra porque a bola foi na trave esquerda de Victor.

Aos 18 minutos, Marcelo arriscou tudo. Tirou o volante de maior marcação, Leandro Donizete, para a entrada do atacante Lucas Pratto. O Galo chegou a balançar as redes aos 22 minutos, mas a arbitragem apontou impedimento de Fred no cruzamento de Carlos César. Na sequência, Robinho arriscou de fora da área e levou perigo. Já aos 31, Júnior Urso dominou na área e bateu por cima.

O empate só saiu aos 36 minutos. Réver abraçou Fred na área e derrubou o atacante. Robinho cobrou, deslocou Muralha e fez 1 a 1. E virada veio aos 41 minutos. Robinho lançou a bola na área, Lucas Pratto cortou o goleiro e mandou para as redes: 2 a 1. Porém, em outra bobeada defensiva, o Atlético cedeu o empate. Depois do bate-rebate, a bola ficou com Guerrero, que chutou forte e empatou: 2 a 2.

ATLÉTICO 2 X 2 FLAMENGO

ATLÉTICO

Victor; Carlos César, Gabriel, Erazo e Fábio Santos; Leandro Donizete (Lucas Pratto), Júnior Urso, Otero (Clayton) e Cazares (Luan); Robinho e Fred

Técnico: Marcelo Oliveira

FLAMENGO

Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão e Diego; Gabriel (Emerson Sheik), Fernandinho (Alan Patrick) e Guerrero

Técnico: Zé Ricardo

Gols: Diego, 32min 1ºT; Robinho, 36min 2ºT; Pratto, 41min2ºT¨; Guerrero, 44min 2ºT

Motivo: 33ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Mineirão, em Belo Horizonte

Data: 29 de outubro de 2016

Público presente: 48.157

Renda: R$ 1.871.325,00

Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)

Assistentes: Neuza Inês Back (SC) e Alex dos Santos (SC)

Cartão amarelo:
Muralha (FLA)

 

Reportagem e Foto: http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/atletico-mg/2016/10/29/noticia_atletico_mg,361974/galo-vira-placar-mas-cede-empate-ao-flamengo-em-resultado-ruim-para.shtml

Tags

0 Comentários “Galo vira placar, mas cede empate ao Flamengo, em resultado ruim para ambos no Brasileiro”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

De 1 a 5, qual sua nota para os serviços oferecidos pela COPASA em São Gotardo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...