Justiça nega pedido e Rodeio na FENAMILHO 2015 está confirmado

Após o Ministério Público Estadual (MPE) proibir o rodeio na FENAMILHO 2015 através de uma ação movida pelo promotor José Carlos de Oliveira, a 2ª Vara Cível da Comarca de Patos de Minas, através do juiz de direito, José Humberto da Silveira, indeferiu o pedido do promotor alegando na decisão que não haviam provas sobre as denúncias.

Segundo o juiz, não há nenhuma prova científica no processo que demonstrasse maus tratos aos animais. Ele alegou também, que o rodeio faz parte da tradição da festa e é uma velha cultura praticada em todos os cantos do País. O juiz de direito ainda disse que os promotores do evento apresentaram documentos que comprovaram que o rodeio atende as estruturas exigidas para seu acontecimento.

Com a decisão o Rodeio está liberado e poderá acontecer na FENAMILHO 2015 sem nenhum problema. O Ministério Público de Minas Gerais ainda pode recorrer ao Tribunal de Justiça para tentar reverter a decisão, porem de acordo com o juiz de direito, o cancelamento as vésperas do evento que já está com contratos firmados e com expectativa social, seria desarrazoado forçar a não realização do rodeio.

0 Comentários “Justiça nega pedido e Rodeio na FENAMILHO 2015 está confirmado”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

De 0 a 5, qual sua nota para as primeiras medidas tomadas por Jair Bolsonaro para o Brasil em 2019

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...