Militares que realizaram parto em São Gotardo arrecadam doações para o recém-nascido

f009b98c-08c8-46b8-964f-77dc98f6d5f3Uma criança que já nasce com o sentimento “Força e Honra”. Nesta quinta-feira (12/12) em São Gotardo, os militares da 216ª Cia. da Polícia Militar que realizaram o parto de uma criança em nossa cidade, entregaram para a mãe e o já vitorioso e guerreiro bebê, várias doações arrecadas pela PM com a ajuda de toda a população São-Gotardense. Ao todo foram doados fraldas, roupinhas, mamadeiras, cobertinhas, entre outros artefatos para bebês. O já considero xodó da PM de nossa cidade, foi batizado com o nome de Marcos Vinícios. O encontro entre os policiais Cabo Ronaldo e Soldado R. Santos e a mãe e recém-nascido foi emocionante.

Após a divulgação do Portal SG AGORA sobre o ato heroico realizado pelos militares na última semana em São Gotardo, dezenas de pessoas se mobilizaram com a história do mais novo bebê São-Gotardense e realizaram doações para a criança. Responsáveis por realizarem o parto do bebê dentro da residência de sua mãe, Cabo Ronaldo e Soldado R. Santos retornaram a casa onde vive o pequeno recém-nascido, sua mãe e sua avó para realizarem a entrega das doações arrecadas com a colaboração de todos. A mãe do jovem Marcos Vinícius aproveitou a oportunidade para agradecer aos militares por salvarem sua vida e a de seu filho.

Segundo o militar Cabo Ronaldo, “nós seres humanos temos que procurar um sentido pra vida, e SERVIR ao PRÓXIMO, é um dos maiores”. “O presente da qual nunca  esperávamos receber foi este, uma dádiva de Deus, ter dado tudo certo no parto, e, a mãe e o bebê estarem bem. E esse ser humaninho já é o xodó da PM” Informou Sd R. Santos. O encontro foi registrado através de fotos, mas com certeza ficará eternizado na história dos militares e também da mamãe do mais novo guerreirinho da 216ª Cia da Polícia Militar de São Gotardo.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADEUNINTER_Graduacao-e-pos

 Entenda

Quando formamos em qualquer profissão que seja, sempre juramos trabalhar e defender por aquela profissão e por aquilo que ela representa. O trabalho de um policial militar vai muito além porem, se que comparado com as outras profissões pois, quando formado, o militar passa a proteger e cuidar da segurança e da vida das pessoas, independente de qual situação ocorra. Nesta semana em São Gotardo, dois militares da 216ª Cia. da Polícia Militar de São Gotardo fizeram jus a profissão escolhida e puderam viver um dos momentos mais lindos e emocionantes da vida e provavelmente de suas carreiras profissionais: contribuir e realizar o nascimento de uma criança.

A história começa durante mais um dia de patrulhamento militar em São Gotardo nesta última quarta-feira (04/12). Rotina em suas carreiras, os militares Cabo Ronaldo e Soldado R. Santos percorriam as ruas e avenidas da cidade quando em determinado local escutaram uma senhora chamando por socorro. Ao se aproximarem, a mulher relatou aos militares que sua filha estava em trabalho de parto em sua residência e que precisava de ajuda imediatamente. Os policiais então ligaram para a unidade do Pronto Socorro Municipal de São Gotardo e foram até a casa para tentar ajudar de alguma maneira a mãe e o bebê.

Ao chegarem no local, os militares se deparam com mãe sentindo bastante dores, o que evidenciava que a mesma iria entrar em trabalho de parto a qualquer instante. Ao tentarem conversar com a mesma, desesperada a mulher pediu que uma enfermeira chegasse rápido para socorre-lá e que os militares a deixasse sozinha no quarto devido a situação a qual ela passava. Respeitando o momento da mulher, mas ainda preocupados, os militares saíram do quarto e foram para a sala na companhia da mãe da gestante, quando de repente escutaram a mulher pedindo por socorro em desespero mais uma vez.

Quando retornaram ao quarto, a gestante já havia entrado em trabalho de parto, tendo os policiais que realizarem o procedimento do nascimento do bebê antes da chegada da ambulância médica. Para que nada de ruim ocorresse com a mãe e a criança, com tranquilidade, os policiais trabalharam em equipe realizando um parto natural e espontâneo com a ajuda da gestante. O drama porem continuou. Ao nascer, o bebê não demonstrou reações (sinais vitais), tendo um dos militares o pegado no colo e colocando-o em decúbito ventral retirou todas as secreções de dentro de sua boca. Após o procedimento, o bebê  desengasgou e começou a chorar promovendo um momento emocionante para todos.

Para não correr nenhum risco de prejudicar a vida da mãe ou do bebê, o umbigo do recém-nascido não foi cortado, tendo a ambulância médica chegado logo em seguida, assumindo o restante dos procedimentos do parto. O bebê de sexo masculino e a mãe foram levados para o Pronto Socorro Municipal de São Gotardo, onde receberam os devidos cuidados e passam bem. O Portal SG AGORA parabeniza e enfatiza o trabalho dos militares Cabo Ronaldo e Soldado R. Santos e de toda a 216ª Cia. da PM, que tiveram uma missão diferente de todas de suas carreiras policiais e honraram sua profissão participando da história e do nascimento de mais um São-Gotardense.

 

Reportagem: Diego Oliveira/Portal SG AGORA / Fonte da Reportagem: Robson Gomes/Polícia Militar de São Gotardo / Foto Utilizada e Foto Capa: Assessoria de Imprensa da 216ª Cia. da Polícia Militar de São Gotardo

Tags

0 Comentários “Militares que realizaram parto em São Gotardo arrecadam doações para o recém-nascido”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

Qual destas datas você mas deseja que chegue no ano de 2020?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...