Os alimentos realmente estragam no dia exato marcado na validade do rótulo dos produtos?

Quem já não se pegou olhando o prazo de validade de um alimento no mercado? Diferentemente dos alimentos frescos, que podemos ver pela aparência se o ingrediente está adequado para o consumo, os produtos industrializados precisam conter essa informação.

Ao comprar um alimento fresco, você se preocupa com sua aparência, pois é ela que revela se o ingrediente está adequado para consumo. Porém, quando compramos alimentos industrializados – principalmente os que necessitam de refrigeração -, além da aparência, existem outras preocupações fundamentais.

Na década de 70, os americanos se afastaram da compra de alimentos nas fazendas e pequenas mercearias e passaram a comprar a maior parte de seus alimentos em grandes mercearias. Na época, os fabricantes começaram a usar códigos especiais que diziam aos vendedores quando deveriam trocar o estoque. Como seria de esperar, as pessoas decifraram os códigos e lançaram um pequeno livro, chamado “Blind Dates: como quebrar os códigos dos alimentos que você compra”. No Brasil, desde o início dos anos 80, há uma lei vigente que exige das indústrias de alimentos que estampem, de forma visível nas embalagens, informações fundamentais do produto, como datas de fabricação, validade, peso e lote.

Os códigos foram descobertos e pessoas começaram a pedir junto da embalagem, algo comprovando que aquele alimento era fresco. Com isso, mercados e fornecedores de alimentos começaram a incluir a data de validade em seus produtos. Conforme o tempo passava, vender assim tornou-se comum, mas não de forma consistente.

No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, é responsável pelos rótulos, por isso temos um certo padrão: os produtos devem apresentar pelo menos o dia e o mês quando o prazo de validade for inferior a três meses; o mês e o ano quando o produto tiver prazo de validade superior a três meses. Se o mês de vencimento for dezembro, basta indicar o ano.

Como são reguladas as datas

As datas de vencimento são estipuladas a partir de testes feitos para estudar qual a resistência do alimento em diferentes lugares, diferentes temperaturas, etc. Estes testes são, em sua maioria, uma maneira também de identificar os nutrientes e ingredientes presentes no alimento.

Segundo o presidente do Instituto de Tecnólogos de Alimentos em Chicago, John Ruff, as próprias empresas olham para o marcador da validade dos produtos americanos (contendo notas para os alimentos, em números que abaixam conforme os mesmos envelhecem) e decidem sozinhas o tempo que julgam necessário para manter a reputação de seus produtos.

“Se o produto foi concebido, vamos dizer, para ser um 7 quando fresco, você pode decidir que quando ele estiver em 6,2 já chegou ao ponto em que você não quer que esteja no mercado mais”, diz ele. “Se este produto está em 6, a maioria das pessoas ainda acha razoavelmente bom? Com certeza. Porém, as empresas querem que as pessoas provem seus produtos da melhor forma possível, porque é assim que eles mantêm os seus negócios e as suas quotas de mercado”, relatou por fim.

É impossível descobrir exatamente quando o alimento estragará?

Sabe-se que existem 2 tipos de pessoas: aquelas que jogam fora o produto quando ele está beirando a validade e aquelas que se arriscam, mesmo depois da data estipulada.

Não se sabe ao certo há quanto tempo o produto está na prateleira do mercado, ou no caminhão de carga, ou dentro de sua própria casa ou carro. Não há nenhum aviso ou linha de tempo para garantir que sua comida esteja livre de bactérias que podem deixá-lo doente. O crescimento bacteriano depende do tempo e da temperatura, de modo que o manejo adequado dos alimentos é mais importante do que a data de validade. Todavia, não se pode ter certeza de que os alimentos vencidos realmente nos adoeçam, às vezes, o que pode ter sido alterado foi apenas textura, cheiro ou sabor.

 

Reportagem: http://www.jornalciencia.com/os-alimentos-realmente-estragam-no-dia-exato-marcado-na-validade-do-rotulo-dos-produtos/

0 Comentários “Os alimentos realmente estragam no dia exato marcado na validade do rótulo dos produtos?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

O Portal SG AGORA quer saber, você é a favor, contra ou indiferente ao fechamento do comércio local considerado não essencial em São Gotardo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...