Paranaense reduz quantidade de comida para 1/4 e emagrece 30 kg

julianaantesdepois1
Foto: Juliana Mantovani/Arquivo pessoal

A estudante de engenharia ambiental Juliana Mantovani, de 32 anos, passou de 103 kg para 73 kg em 8 meses. Para chegar a esse peso, ela não abandonou nenhum alimento específico: apenas reduziu o tamanho das porções. “Tudo o que tem na mesa eu pego, mas uma pequena porção de cada coisa. Então não deixei de comer nada”, diz. A única coisa que eliminou totalmente foi a cerveja, que costumava tomar uma vez por semana.

A paranaense de Maringá ganhou um pouco de peso em suas duas gestações, aos 23 e 26 anos. Mas chegou ao peso máximo quando começou a fazer faculdade à noite, aos 28 anos. “Passei a me alimentar mal. Chegava em casa às 23h, jantava uma pratada ou comia um lanche e ia dormir.” Ela costumava fazer duas grandes refeições por dia e ficar longos períodos em jejum. “No fundo, sabia que estava obesa, mas não me via assim.”

Em março deste ano, teve uma dor de estômago muito forte e ficou com dificuldade para comer durante um tempo. Por causa da situação, emagreceu 10 kg.

Depois que se recuperou, resolveu tornar seus hábitos alimentares mais saudáveis e passar a comer de três em três horas. A seu favor, ela tinha o fato de gostar de verduras, legumes e frutas e não ligar muito para doces.

julianapratos

Uma mudança drástica que decidiu foi diminuir a quantidade de comida para cerca de ¼ do que costumava comer. Ela conta que comia muito mais do que precisava. “Agora, almoço no horário certo e como menos porque já comi no meio da manhã. Termino de comer e saio de perto das panelas porque se você fica na mesa, vai acabar beliscando.”

Com a mudança de dieta, seu peso foi diminuindo pelo menos 1 kg por semana. Hoje, com 73 kg, está satisfeita com seu corpo. Suas formas mudaram tanto que a costureira teve que ajustar suas roupas várias vezes desde o começo da dieta. “Tenho uma costureira ótima e ela comprou essa briga comigo. Tinha comprado várias roupas recentemente, em fevereiro, então ela foi ajustando.”

Há um mês, Juliana começou a fazer caminhadas de uma hora. Antes, era totalmente sedentária. Com 30 kg a menos, tem muito mais disposição tanto para as atividades físicas quanto para os estudos.

Juliana diz que quem a vê tão mais magra pergunta se ela fez cirurgia bariátrica ou se está tomando remédio. Segundo ela, as pessoas não acreditam quando conta que só mudou a alimentação. “Não é fácil ser gordo, mas também não é fácil ser ex-gordo. As pessoas têm muito preconceito”, diz.

Ela conta que só a família, que acompanhou de perto sua mudança, reconhece o esforço que teve que fazer para mudar de vida. “É difícil, muitas vezes tive vontade de comer mais. A cabeça de gordinha é complicada. Mas cansei de ser ponto de referência e mudei a minha cabeça.

julianaantesdepois

 

Reportagem: http://g1.globo.com/bemestar/VC-no-Bem-Estar/noticia/2015/11/paranaense-reduz-quantidade-de-comida-para-14-e-emagrece-30-kg.html

2 Comentários “Paranaense reduz quantidade de comida para 1/4 e emagrece 30 kg”

  1. Grande conteudo, muito obrigado por tanta informação de alta qualidade, aprendi muito por ter acompnhado esse seu trabalho de exelente qualidade, continue assim sempre!

  2. Marisa Santos disse:

    Adorei as dicas para eu começar a emagrecer, vou colocar em prática e depois volto aqui para deixar meu depoimento. Desde já agraço, seu blog tem conteúdo insubistituíveis…já vou compartilhar com minhas amigas. Beijos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

Para quem é sua torcida na eleição da nova Rainha da Festa Nacional da Cenoura 2018 de São Gotardo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...