São Gotardo, cidade rica na Agricultura. Mas até quando?

São Gotardo está em alta quando o assunto é agricultura. Mesmo após terrível período de seca registrado em 2014, a Capital Nacional da Cenoura, registrou faturamento de 1 bilhão no setor de hortaliças. Entre as principais, cenoura, alho e até abacate.

No ano de 2014, a marca “Região de São Gotardo”, que se prepara para ser lançada neste ano que inicia,  representou um faturamento bilionário e mais uma vez mostrou seu poder ao Brasil e ao Mundo. Porem nem tudo foi “um mar de rosas” para os produtores rurais de São Gotardo e Região.

Nossa cidade, foi escolhida nos anos de 1970 pelo Governo Militar de Ernesto Geisiel, para um processo de desenvolvimento agrário. Vários descendentes japoneses chegaram então a São Gotardo e muito deste auge vivido em nossa agricultura atualmente se deve a nação nipônica. Vários destes Japoneses hoje, comando o mercado da agricultura em nossa Região e graças a experiencia conseguiram driblar as secas e problemas enfrentados para que a colheita 2014 fosse de grande produtividade.

É preciso ressaltar também, que nos dias de hoje, a marca “Região de São Gotardo”, um projeto que  é inclusive apoiado pelo Sebrae e que carrega o selo de qualidade das hortaliças plantadas em nossa região, é um conjunto de todo o Alto Paranaíba, pois, Ibiá, Rio Paranaíba, Matutina, Tiros e  até algumas regiões mais distantes, fazem parte dos milhares de hectares plantados com cenoura, alho, batata, cebola, beterraba e até abacate.

Para se ter uma base do poder da agricultura Sangotardense, em 2014 a produção de cenoura representou 16% da produção cultivada em todo o País. O Brasil planta cerca de 25 mil hectares de cenoura por ano e a marca Região de São Gotardo representou 4 mil deste total. Os dados foram fornecidos pela Coopadap ao Jornal Valor Econômico.

Alem da representação em hectares é preciso destacar também a produtividade do que se planta nas terras do Alto Paranaíba. Enquanto São Gotardo produz 75 mil quilos de cenoura por hectare, a média nacional produz 30 mil. O alho também se destaca nacionalmente representando 18 mil contra 10 mil quilos por hectare comparado a média nacional.

Porem um fato que prejudicou e muito não só São Gotardo mais todo o Brasil, a seca, diminuiu a produção na Região do Alto Paranaíba e promete enxugar ainda mais o mercado de hortaliças na Região.Vários produtores deixaram de plantar ou expandir em 2014 e para 2015 pretendem investir apenas em negócios certeiros no campo.

Makoto Sekita, um dos maiores responsáveis pela participação da agricultura Sangotardense no Brasil e no Exterior, disse que em 2014, só conseguiu produzir em grande escala devido a construção de quatro lagos com cerca de 80 milhões de litros de água retirados de riachos e minas e que mesmo assim sofreu com a escassez de água. Produtores menores que não tiveram tais recursos se limitaram a plantações menores.

Outro fator que pode atrapalhar na produção de 2015, é a desgastada terra de nossa região. Após vários anos dedicados ao plantio, as terras começam a perder forçar devido aos agrotóxicos e produtos químicos que são jogados para sua melhor produção. Muitos agricultores inclusive conçam a buscar terras nas regiões de João Pinheiro e São Gonçalo do Abaeté.

O que podemos cravar para 2015, é que novamente a agricultura será castigada pela excasses de água e poderá ser ainda mais prejudicada que em 2014. Segundo as previsões de todos os meteorologistas envolvidos na área, a seca e a chuva em momentos fora do ciclo de plantio, poderão prejudicar quem vive da agricultura. Hortaliças que não necessitam tanto de água deverão ganhar força também no plantio de 2015.

Que todos eles estejam errados e que as chuvas possam voltar, pois alem da agricultura prejudicada, todas as pessoas que moram neste mundo estão sofrendo com o forte calor que reina nos últimos anos.

 

Texto: Diego Oliveira – SG AGORA

Fonte da reportagem: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/

Fonte da foto: Patos Agora

Tags

0 Comentários “São Gotardo, cidade rica na Agricultura. Mas até quando?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

O Portal SG AGORA quer saber, você é a favor, contra ou indiferente ao fechamento do comércio local considerado não essencial em São Gotardo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...