Após críticas, Porto em Cuba pode ter sido o único acerto de Dilma em 2014

O Brasil investiu muito em Cuba nos últimos anos, o Porto de Mariel entre vários outros investimentos em cuba, pode trazer para o Brasil um novo macro de sua economia, claro, graças a queda do embargo americano à ilha. A construção do Porto de Muriel até então um tiro no próprio pé da Presidente, poderá ser uma nova fonte para a Economia Brasileira.

Alvo de críticas ferrenhas, o Porto de Mariel, que foi financiado pelo BNDS no valor de US$800 milhões e está a apenas 200 quilômetros da costa da Florida e com a queda americana, poderá ser o novo centro de referência para desembarque de Navios de médio e grande porte. Dilma inclusive cansou de citar durante a cúpula da Celac este ano, que o porto em Cupa poderá concorrer com o porto do Panamá e se tornar uma referência mundial.

Mesmo sendo um investimento fora do Brasil, a ideia sempre foi de “entrar antes da abertura para já estar lá quando caísse o embargo” e pelo jeito essa estratégia deu certo.

Um ponto positivo para o Governo Brasileiro, finalmente.

20140302-portoMarielCuba

Fonte da reportagem: Folha de São Paulo

Tags

0 Comentários “Após críticas, Porto em Cuba pode ter sido o único acerto de Dilma em 2014”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

Em ano de Eleições Municipais, qual a sua nota para atual gestão política de São Gotardo? (Prefeitura e Câmara de Vereadores)

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...