Bebê sobrevive de forma milagrosa após ser atacado de forma covarde

Um homem foi preso suspeito de atear fogo no colchão onde estava um bebê de sete meses, em Sarandi, no norte do Paraná. De acordo com a reportagem, o rapaz jogou fogo na cama onde a criança dormia após uma discussão com a mãe do bebê.

A criança teve 65% do corpo queimado e ficou internada em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Metropolitano de Sarandi.

As brigas eram constantes por causa do ciúme do marido, que chegava a ser agressivo.

À polícia, a mãe da criança disse que o homem pegou um galão de tiner e jogou fogo na cama onde o filho estava após os dois brigarem.

Ela contou que o filho foi retirado do colchão em chamas, e que tentou apagar o fogo que atingiu o bebê com um travesseiro.

O bebê recebeu alta hospitalar na última quinta-feira (12). De acordo com o Conselho Tutelar de Sarandi, a guarda do bebê foi entregue, provisoriamente, para um casal de Maringá.

41wvv0mluc_5m8lefcrvw_file

Reportagem: http://noticias.r7.com/cidade-alerta/fotos/bebe-sobrevive-de-forma-milagrosa-apos-ser-atacado-de-forma-covarde-14032015#!/foto/1

Tags

Um comentário em “Bebê sobrevive de forma milagrosa após ser atacado de forma covarde”

  1. janete disse:

    muito bom o seu artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

O Portal SG AGORA quer saber, você é a favor, contra ou indiferente ao fechamento do comércio local considerado não essencial em São Gotardo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...