Bolsonaro diz lamentar fala de Eduardo sobre o AI-5

999976523
source
Jair Bolsonaro e Eduardo Bolsonaro arrow-options
Reprodução
Presidente disse ainda que filho é “independente” e que não irá cobrá-lo.

Nesta quinta-feira (31), o presidente Jair Bolsonaro comentou a fala de seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), sobre a possibilidade de um novo AI-5 caso a “a esquerda se radicalize” . Lamentando a declaração, o presidente disse que “Quem quer que fale de AI-5 está sonhando”.

Leia também: Ciro vai pedir para PDT tentar cassar mandato de Eduardo Bolsonaro

A possibilidade da instauração de um novo AI-5, medida considerada como a mais opressora do regime militar, foi levantada por Eduardo Bolsonaro durante uma entrevista. O comentário do deputado gerou reações contrárias de diversos partidos, políticos e entidades de vários espectros políticos.

Ao deixar o Palácio da Alvorada, Bolsonaro lamentou a frase e pediu para que a imprensa não dê notícias “nesse sentido”. O AI-5 já existiu no passado, em outra Constituição, não existe mais. Esquece. Vai acabar a entrevista aqui. Cobrem deles. Quem quer que seja que fale em AI-5, está sonhando. Está sonhando! Não quero nem que dê notícia nesse sentido aí”, afirmou o presidente .

Quando perguntado se iria cobrar o filho pela declaração, o presidente afirmou que o repórter que fez a pergunta devia fazer a cobrança. “Cobre você dele. Ele é independente. Tem 35 anos, se não me engano […] Se ele falou isso, que eu não estou sabendo, lamento. Lamento muito”, completou Bolsonaro .

0 Comentários “Bolsonaro diz lamentar fala de Eduardo sobre o AI-5”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

De 1 a 5, qual sua nota para os serviços oferecidos pela COPASA em São Gotardo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...