Bolsonaro manda cancelar assinaturas da Folha no Planalto: “Envenena o governo”

999976511
source
Bolsonaro arrow-options
Agência Brasil
Em uma semana, essa é o segundo ataque de Bolsonaro a um veículo de comunicação

O presidente Jair Bolsonaro mandou cancelar todas as assinatutas do jornal Folha de São Paulo no governo federal. Em entrevista à TV Bandeirantes nesta quinta-feira (31), o presidente afirmou que não dá para confiar no jornal e que a publicação “envenena o governo”. 

“Determinei que todo o governo federal rescinda e cancele a assinatura da Folha de S.Paulo. A ordem que eu dei [é que] nenhum órgão do meu governo vai receber o jornal Folha de S.Paulo aqui em Brasília. Está determinado. É o que eu posso fazer, mas nada além disso”, disse Bolsonaro.

O apresentador José Luís Datena chegou a questionar o presidente se isso não era uma forma de censura, mas ele negou. “Não é uma forma de censura, nada.”

Essa não é a primeira ofensiva do presidente contra veículos da imprensa. Nesta semana, quando ainda estava em  Abu Dhabi , ele disse que existia a possibilidade de que a concessão da Rede Globo não fosse renovada .

Um dia depois da ameaça do presidente, o Jornal Nacional revelou em reportagem que um porteiro do condomínio onde ele mora, no Rio de Janeiro, citou o nome dele em depoimento prestado à Polícia Civil no âmbito das investigações da morte de Marielle Franco .

O funcionário teria dito que o ex-PM Élcio Queiroz, suspeito de estar envolvido no assassinato da ex-vereadora, foi até o condomínio e interfonou para a casa de Bolsonaro horas antes do homicídio. Ao entrar no local, no entanto, Élcio teria se dirigido à casa de Ronnie Lessa, suspeito de ter efetuado os disparos contra Marielle e o motorista Anderson Gomes.

Leia também: Senadores pedem que porteiro do caso Marielle se torne testemunha protegida

Após a repercussão do caso trazido pelo JN, o Ministério Público do Rio teve acesso aos áudios do interfone do condomínio e disse que o porteiro mentiu as dizer que Bolsonaro liberou a entrada de Élcio no condomínio.

“Todas as pessoas que prestam falsos testemunhos podem ser processadas”, disse a coordenadora do Gaeco, Simone Sibilio. “Se ele esqueceu, se ele mentiu… qualquer coisa pode ter acontecido. Ele pode esclarecer. Simples assim.”

0 Comentários “Bolsonaro manda cancelar assinaturas da Folha no Planalto: “Envenena o governo””

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

De 1 a 5, qual sua nota para os serviços oferecidos pela COPASA em São Gotardo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...