Chuvas fortes podem causar perdas de nutrientes do solo em áreas agrícolas

Uma forte chuva caiu no final da tarde de segunda-feira (14/09) no município de São Gotardo (MG). O volume d’água e a força da chuva causaram estragos em diversos pontos da cidade, arrastando vários veículos e causando fortes alagamentos. A ventania derrubou árvores e causou prejuízos a muitos moradores, que tiveram parte das suas casas destruídas.

Ao refletir sobre uma situação semelhante, porém em áreas agrícolas, o prejuízo causado também é enorme, pois a chuva pode ser uma das causas do processo de lixiviação de vários nutrientes do solo.

A lixiviação é caracterizada pela migração de elementos químicos do solo das camadas mais superficiais para as camadas mais profundas, após um processo de lavagem pela ação da água da chuva ou irrigação.

O potássio (K) é o elemento químico mais afetado por esse processo em áreas agrícolas. É um macronutriente essencial para as plantas e um dos três elementos mais consumidos durante quase todos os processos metabólicos, por isso exerce um papel essencial para o crescimento vegetal.

As perdas de potássio por lixiviação são uma grande preocupação para o produtor. Dependendo do tipo de solo, a taxa de perda do potássio aplicado pode variar entre 37 e 48%. Assim, um solo lixiviado não disponibiliza os nutrientes necessários para o desenvolvimento das plantas.

A Verde Fertilizante desenvolveu um produto multifuncional e inovador que disponibiliza potássio de acordo com a necessidade da planta, o TK47. Uma das características importantes do TK47 é o fato de ser um fertilizante de baixa solubilidade em água, o que dificulta a lixiviação do potássio e deixa o nutriente mais disponível para o desenvolvimento das culturas.

Durante um teste em condições controladas, realizado em parceria com a Universidade Federal de Uberlândia (UFU), foram avaliadas as perdas por lixiviação de duas fontes de potássio: TK47 e KCl (cloreto de potássio). Os resultados mostram que 26% do potássio proveniente do KCl foi perdido (lixiviado), em apenas 18 dias. Enquanto isso, a liberação controlada do potássio, promovida pelo TK47, permitiu que a perda fosse praticamente insignificante, apenas 0,3%.

Veja o gráfico:

 

 

 

 

 

 

Esses estudos são essenciais para confirmar a eficácia dos diversos tipos de produtos agrícolas, especialmente os fertilizantes que apresentam características exclusivas, como o TK47, que disponibiliza os nutrientes de forma sincronizada com a necessidade nutricional da planta, evitando perdas e gerando efeito residual.

Anúncio Verde

Matéria escrita por: Verde Fertilizantes

0 Comentários “Chuvas fortes podem causar perdas de nutrientes do solo em áreas agrícolas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

O Portal SG AGORA quer saber, você é a favor, contra ou indiferente ao fechamento do comércio local considerado não essencial em São Gotardo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...