Com São Gotardo na lista, cruzamento de dados aponta que 26 mil doses vencidas da AstraZeneca foram aplicadas; prefeitura nega

Foto Capa: Reprodução/Google Imagens

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Um levantamento baseado no cruzamento de dados oficiais do governo federal aponta que ao menos 26 mil pessoas podem ter recebido doses vencidas da vacina AstraZeneca contra a Covid-19. O trabalho dos pesquisadores Sabine Righetti, da Unicamp, e Estêvão Gamba, da Unifesp, foi publicado nesta sexta-feira (2) pelo jornal “Folha de S. Paulo”. São Gotardo seria uma das cidades citadas, de acordo com a pesquisa.

Os dados, aos quais foram divulgados por toda a imprensa nesta sexta-feira (02/07), indicam que o problema ocorreu com doses de oito lotes da vacina (veja tabela abaixo). Prefeituras citadas negam o problema e atribuem o achado do levantamento a falhas na inclusão de dados no Sistema Único de Saúde (SUS), que recebeu anotações com atraso de até dois meses. Ao menos uma cidade (Alagoa Grande – PB) admitiu ter aplicado 72 doses vencidas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O Ministério da Saúde informou que todas as doses são enviadas dentro do prazo e que, caso aplicações fora do período ocorram, é preciso passar por uma nova aplicação “respeitando um intervalo de 28 dias entre as doses”. De acordo com o levantamento, foram aplicadas 25.935 doses fora do prazo em pelo menos 1.532 cidades. Na lista, Maringá (PR) aparece como a cidade com mais doses vencidas: 3.536.

Lotes de vacinas aplicadas após o vencimento, segundo a pesquisa:
.

Lote Validade Distribuição Doses distribuídas Aplicadas após validade
4120Z001 29/03/2021 24/02/2021 499.480 2.911
4120Z004 13/04/2021 22/01/2021 179.880 874
4120Z005 14/04/2021 22/01/2021 1.819.870 17.674
CTMAV501 30/04/2021 24/03/2021 100.780 1.814
CTMAV505 31/05/2021 24/03/2021 316.800 1.090
CTMAV506 31/05/2021 24/03/2021 350.380 942
CTMAV520 31/05/2021 24/03/2021 254.160 84
4120Z025 04/06/2021 24/02/2021 351.190 546

As prefeituras de Maringá (PR), de Belém (PA), de São Paulo (SP), de Belo Horizonte (MG), de Manaus (AM), do Recife (PE), de Juiz de Fora (MG), da Baixada Santista, de Salvador (BA) e as secretarias de saúde do Distrito Federal, de Mato Grosso do Sul e do Piauí divulgaram notas rebatendo o levantamento e negando a informação divulgada pelos pesquisadores.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

De acordo com apurações do Portal SG AGORA, São Gotardo estaria presente na lista dos municípios que teriam recebido as doses vencidas da vacina. Em nota divulgada nas redes sociais, a Prefeitura Municipal da cidade informou que o citado lote vencido noticiado de fato chegou ao município, poem, com data de validade de 71 dias de total de viabilidade de uso, chegando no dia 01 de Fevereiro de 2021 com data de validade em 14 de Abril de 2021.

Ainda de acordo com a nota divulgada pela Prefeitura Municipal de São Gotardo, nenhuma dose da vacina permaneceu sob refrigeração nas unidades de saúde por mais de 15 dias e afirmou que nenhuma dose da vacina com prazo de validade expirado foi aplicada. As informações sobre as vacinas vencidas foram divulgadas pelo DataSUs e pela Sala de Apoio à Gestão Estratégica (SAGE). Esses são os únicos lotes que já passaram da validade no país.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Confira a nota divulgada pela Prefeitura Municipal de São Gotardo:
.

.

Reportagem: Diego Oliveira/Portal SG AGORA / Fonte da Reportagem: Portal G1 / Folha de São Paulo / Link Original: https://g1.globo.com/bemestar/vacina/noticia/2021/07/02/pesquisadores-dizem-que-26-mil-doses-vencidas-da-astrazeneca-foram-aplicadas-no-brasil.ghtml / Foto Capa: Reprodução/Google Imagens

Tags

0 Comentários “Com São Gotardo na lista, cruzamento de dados aponta que 26 mil doses vencidas da AstraZeneca foram aplicadas; prefeitura nega”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

Com qual nota você avalia o trabalho da Prefeitura Municipal de São Gotardo até este momento?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...