Cruzeiro empata com Botafogo, garante prêmio maior da CBF e se despede de forma honrosa do Campeonato Brasileiro

Foto capa: Superesportes
Foto capa: Superesportes

O Cruzeiro deixou boa impressão na última partida da temporada, despedindo-se de forma honrosa. Mesmo sem a necessidade da vitória, a Raposa ficou perto dos três pontos, mas acabou cedendo o empate para o Botafogo: 2 a 2. Os gols do jogo foram marcados por Thiago Neves e Arrascaeta para a Raposa; Brenner e Ezequiel estufaram as redes para o Fogão.

Com o resultado, o Cruzeiro garantiu a quinta posição no Campeonato Brasileiro, com 57 pontos. De premiação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a Raposa vai receber R$ 4.092.165,00. O dinheiro vem em boa hora, já que as contas estão no vermelho. O Botafogo ficou na 10ª posição e não disputará a Copa Libertadores em 2018.

Thiago Neves encerra o ano com gol

Sem o peso de precisar vencer, o Cruzeiro começou bem a partida, valorizando a posse de bola e chegando com perigo logo aos 7 minutos, com Romero. O argentino tabelou com Thiago Neves e arriscou de fora da área. A bola subiu demais.

O Botafogo, aos poucos, foi melhorando no jogo. Aos 25, Brenner abriu o placar em bobeada da defensa do Cruzeiro. Leo Valencia, sozinho, dominou na ponta direita, levantou a cabeça e mandou na área. Brenner ganhou de Digão e marcou: 1 a 0.

O gol deu ainda mais ânimo ao Fogão, que pressionou o Cruzeiro. Aos 30, após escanteio, Igor Rabello cabeceou para defesa de Rafael. Aos 31, Bryan bobeou na entrada da área, perdeu a bola, mas a defesa se recuperou. Na sequência, Leo Valencia fintou com facilidade o lateral-esquerdo do Cruzeiro e chutou com perigo.

O Cruzeiro escapou da pressão e ainda conseguiu empatar. Aos 37, Romero cruzou da direita, Arrascaeta tentou uma bicicleta, e a bola sobrou para Thiago Neves, que só empurrou para as redes: 1 a 1. Foi o 17º gol do armador com a camisa celeste em 2017, coroando um ano esplendoroso dele no Cruzeiro.

Empate que ajudou o rival

O segundo tempo foi ainda mais movimentado, com os times alternando bons e maus momentos. A Raposa voltou mais atenta e virou o jogo graças a uma falha bizarra do volante Lindoso. Dentro da área, ele tentou tirar, mas deu uma assistência para Arrascaeta, que só escorou para o gol: 1 a 2.

Com o gol do Cruzeiro, o Botafogo partiu para cima, e o jogo ficou ainda mais emocionante, com lances de ataque dos dois lados. Em uma das chances mais claras, Brenner acertou o travessão de Rafael.

O empate demorou, mas não tardou. O atacante Ezequiel, do Botaofogo, recebeu dentro da área, driblou Bryan e deixou o seu: 2 a 2. Bryan, aliás, não aproveitou as oportunidades que teve e deve deixar a Toca da Raposa em 2018. Por causa da carência na lateral esquerda, o Cruzeiro já acertou com Egídio para o ano que vem. Outro jogador para a posição deve chegar.

Com o resultado, o Cruzeiro ajudou o Atlético, que ficou em 9º e espera o Flamengo na Copa Sul-Americana. Se o clube carioca vencer o torneio continental, o Galo garante vaga na Libertadores de 2018.

 

Reportagem original: https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/cruzeiro/2017/12/03/noticia_cruzeiro,445300/cruzeiro-empata-com-botafogo-garante-premio-maior-da-cbf-e-se-despede.shtml

Tags

0 Comentários “Cruzeiro empata com Botafogo, garante prêmio maior da CBF e se despede de forma honrosa do Campeonato Brasileiro”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *