Cruzeiro vacila, só empata com Santos e fica mais distante da vaga na Copa Libertadores

20161120205631261310u

De forma dramática, o Cruzeiro empatou com o Santos, na tarde deste domingo, no Mineirão, por 2 a 2. O time celeste saiu na frente, mas sofreu a virada e chegou ao empate com o zagueiro Manoel, aos 43min do segundo tempo. Praticamente sem chance de ser rebaixado, o Cruzeiro entrou em campo para enfrentar um Santos que ainda buscava como objetivo maior tentar tirar o título do Palmeiras. Com o resultado, o Cruzeiro não tem mais chances matemáticas de chegar ao G6, e tem remotas chances de Libertadores, dependendo de o grupo dos que vão à competição continetal se tornar G7.

O Cruzeiro estreou seu terceiro uniforme, uma camisa que homenageia o título da Taça Brasil de 1966, conquistada pelo time celeste, derrotando o Santos, de Pelé, na grande final.

O técnico Mano Menezes escalou novamente o volante Lucas Romero na lateral direita. O jogador, mesmo improvisado, se mostrou mais efetivo que os da posição, em todos os jogos em que entrou. Mas, o que se viu do argentino em campo neste domingo, foi justamente o contrário. Ele acabou sendo decisivo, participando dos dois gols do time paulista.

No início, como esperado, o Cruzeiro partiu para cima e levou mais perigo, explorando, principalmente, o lado direito. Aos 14min, por exemplo, Robinho, que foi titular, teve a primeira chance, chutando forte à esquerda de Vanderlei, para fora. Novamente William ficou isolado na frente.

E de tanto pressionar, aos 21min o Cruzeiro saiu na frente. Arrascaeta pegou o rebote da defesa e bateu de primeira, fazendo justiça ao placar. Neste momento, o time celeste já dominava a partida e merecia a vitória. A Raposa seguiu pressionando, tentando aumentar o marcador.

Assista os melhore momentos do jogo no vídeo abaixo: 

A pressão era tanta e o jogo estava tão nas mãos do Cruzeiro que a primeira chance do Santos foi aos 30min. Mas no contra-ataque, Arrascaeta quase marca o segundo, para ótima defesa de Vanderlei. E o primeiro tempo ficou assim, com a vitória parcial do Cruzeiro.

Para a segunda etapa, os dois times voltaram com as mesmas formações do início. Parecia que o Cruzeiro manteria a mesma vontade da etapa inicial, mas levou uma ducha de água fria logo aos 2min. Romero tentou recuar para o goleiro Rafael, mas deixou a bola nos pés do atacante santista Ricardo Oliveira, que, sem dificuldade, empatou.

O Santos seguiu pressionando. A equipe paulista mudou totalmente a postura em campo. Se praticamente não ameaçou no primeiro tempo, no segundo, principalmente no início, teve um ligeiro domínio. E este domínio acabou resultando na virada. Romero derrubou Copete na área e o árbitro marcou pênalti. Ricardo Oliveira, aos 16min, cobrou e marcou: 2 x 1.

Em desvantagem no placar, o Cruzeiro tentou ir ao ataque. O técnico Mano Menezes tentou mudar o panorama, colocando Marcos Vinícius e Ábila. O time até buscou mais o ataque e Marcos Vinícius ainda teve uma ótima chance, de cabeça, com boa defesa de Vanderlei.

Mesmo buscando o gol, o Cruzeiro esbarrou em suas deficiências, mostradas durante todo o Campeonato Brasileiro. E aos 35min, a situação ficou ainda complicada para a equipe celeste. Arrascaeta cometeu uma falta dura em Thiago Maia e foi expulso por Heber Roberto Lopes.

Empate 

Com um jogador a menos e cometendo os mesmos erros de jogos anteriores, a Raposa não conseguia chegar ao gol santista. Mas aos 43min, Manoel, que chegou aos 100 jogos com a camisa do Cruzeiro, igualou o jogo, que se tornou dramático para a Raposa no final. Foi o quarto gol do zagueiro pelo clube. Final da partida Cruzeiro 2 x 2 Santos. Com o empate, o celeste chegou nos 48 pontos.

No próximo jogo, contra o Internacional, domingo (27), o técnico Mano Menezes não poderá contar com Henrique, que recebeu o terceiro cartão amarelo, além de Arrascaeta que, expulso, terá que cumprir suspensão automática.

CRUZEIRO 2 X 2 SANTOS

CRUZEIRO

Rafael; Lucas Romero, Leo, Manoel e Bryan; Henrique, Ariel Cabral (Bruno Nazário, aos 41min do 2º), Arrascaeta e Robinho (Marcos Vinícius, aos 18min do 2º); Willian (Ábila, aos 14min do 2º) e Alisson

Técnico: Mano Menezes

SANTOS
Vanderlei; Victor Ferraz, Fabián Noguera (Leo Cittadini, aos 36min do 1º), David Braz e Zeca; Thiago Maia (Jean Mota, aos 42min do 2º), Renato, Lucas Lima (Lucas Veríssimo, aos 26min do 2º) e Vitor Bueno; Copete e Ricardo Oliveira

Técnico: Dorival Júnior

Gols: Arrascaeta, aos 21min do 1º; Ricardo Oliveira, aos 2min e aos 16min do 2º e Manoel, aos 43min do 2º

Cartão amarelo: Romero, Henrique, Alisson (Cruzeiro) e Lucas Lima, Vanderlei e Jean Mota (Santos)

Cartão vermelho: Arrascaeta

Motivo: 36ª rodada do Campeonato Brasileiro

Estádio: Mineirão

Data: domingo, 20 de novembro de 2016

Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-SC)

Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Carlos Berkenbrock (MAST)

Presentes: 13.902

Renda: 317.185

 

Reportagem e foto: http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/cruzeiro/2016/11/20/noticia_cruzeiro,366317/cruzeiro-sofre-virada-mas-usca-o-empate-aos-43min-do-2-com-o-santos.shtml

Tags

0 Comentários “Cruzeiro vacila, só empata com Santos e fica mais distante da vaga na Copa Libertadores”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

Qual deve ser o nome do mascote do Portal SG AGORA na FENACEN 2019?

  • Hilário (64%, 34.261 Votos)
  • Oscar (32%, 17.052 Votos)
  • Horácio (2%, 1.338 Votos)
  • Rabitt (2%, 968 Votos)
  • Millo (0%, 63 Votos)

Total de Participantes: 53.682

Carregando ... Carregando ...