Placas de energia solar são colocadas em radares na BR-354 e equipamentos novos deverão entrar em funcionamento em breve

Foto: Patos 1

Funcionários da SINTRAN estiveram na manhã desta Terça-Feira (08/03), realizando a colocação de placas de energia solar em um radar que está sendo implantado na BR 354, entre as cidades de Lagoa Formosa e Patos de Minas. O aparelho está instalado a poucos quilômetros da cidade de Lagoa Formosa, e fica situado na entrada da estrada vicinal que dá acesso ao Distrito de Monjolinho. O objeto já está no local há mais de um ano e causa uma grande indefinição aos motoristas que passam diariamente pelo local, sendo que poucos sabem que o radar não está funcionando. A partir de agora, assim que for feita a aferição do mesmo ele deverá entrar em funcionamento.

Outros aparelhos de radares fixos serão implantados ao longo dos quase 200 quilômetros da rodovia, no trecho que liga a cidade de Patos de Minas até o entroncamento de acesso da BR 262. Somente de Lagoa Formosa a Patos de Minas, num espaço de 20 quilômetros de extensão, o percurso contará com quatro radares. O controle de velocidade é uma inciativa do DNIT, o principal objetivo dos fiscalizadores eletrônicos é manter a segurança dos condutores de veículos automotores. Em todo o mundo, diversos estudos comprovam as vantagens da redução da velocidade para um trânsito mais seguro.

Em conversa com um motorista que trafega diariamente pela BR 354, o mesmo disse que não concorda com a implantação de tantos radares, e acredita ser uma forma de tirar dinheiro do bolso de motoristas desavisados ou despercebidos, sendo que em alguns trechos os radares foram colocados a menos de 05 (cinco) quilômetros um do outro. Indignado o condutor diz que para reduzir velocidade o melhor é “quebra-molas” e não radares, sendo que no primeiro caso o veículo é obrigado a diminuir e não paga multa, acrescenta. De Carmo do Paranaíba a Patos de Minas três novos radares estarão fiscalizando os veículos que trafegam pela MG 354.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Estadual, os radares fixos, consistem em placas de leitura que são instaladas dentro da camada asfáltica da rodovia. Os veículos passam sobre essas placas que emitem os sinais para uma central, quando os automóveis estão em velocidade acima da permitida. Nesse momento as câmeras fixadas em postes às margens da rodovia fotografam os veículos infratores e as multas são geradas de acordo com a velocidade que excede a permitida pelo local. Segundo a PRV, uma empresa credenciada faz a instalação dos aparelhos ao longo da rodovia e logo em seguida fixa os postes com as filmadoras que são as responsáveis por fotografar os veículos que passam acima da velocidade regulamentada.

 

Reportagem e foto: Patos 1 / Vanderlei Gontijo

0 Comentários “Placas de energia solar são colocadas em radares na BR-354 e equipamentos novos deverão entrar em funcionamento em breve”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

O Portal SG AGORA quer saber, você é a favor, contra ou indiferente ao fechamento do comércio local considerado não essencial em São Gotardo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...