Polícia Militar realiza coletiva de imprensa para falar sobre o crime de poluição sonora em São Gotardo

Foto Capa: Diego Oliveira/Portal SG AGORA
Foto Capa: Diego Oliveira/Portal SG AGORA

IMG_4313Após a grande repercussão dada devido a operação de combate ao crime de poluição sonora nos loteamentos de São Gotardo realizada pela Polícia Militar e Polícia Ambiental de nossa cidade, nesta última terça-feira (12/03), foi realizada uma coletiva de imprensa nos estúdios da SGTV, com a participação do policial da 216ª Cia. da PM, Tenente Gomes, o qual respondeu todas as perguntas dos repórteres sobre o tema repercutido (ASSISTA A ENTREVISTA COMPLETA NO FINAL DA REPORTAGEM). A operação que culminou na apreensão de dois automóveis e aparelhos de sons automotivos, além da prisão de duas pessoas, a partir de agora, ocorrerá constantemente em São Gotardo.

O tema “poluição sonora” divide a opinião dos moradores de São Gotardo desde a criação de novos loteamentos. De um lado, os jovens reclamam que a cidade não oferece nenhum tipo de diversão, principalmente após as 22:00 horas e nos finais de semana, sendo os loteamentos, umas das poucas opções que os jovens escolhem para se divertir. Do outro lado, estão os moradores que residem nos bairros onde as “resenhas” acontecem ou próximo dele e que reclamam e realizam denúncias constantemente no quartel da Polícia Militar, principalmente nos finais de semana, sobre o alto barulho dos sons automotivos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADEUNINTER_Graduacao-e-pos

IMG_4315Segundo informações passadas pelo Tenente Gomes durante a coletiva de imprensa, a Polícia Militar de São Gotardo tem ciência da carência de eventos voltados para o público jovem na cidade e não atrapalhará a diversão de ninguém nos loteamentos, desde que os frequentadores tenham respeito com as pessoas que residem próximos ou até mesmos nos bairros, não extrapolando os sons automotivos de seus veículos ou fazendo qualquer outro tipo de barulho que prejudique o descanso da população São-Gotardense em um geral.  Para aqueles que gosta de ouvir sua música mais alta, a dica dada pelo Tenente foi procurar lugares isolados de residências, como fazendas ou chácaras situadas na zona rural de São Gotardo.

Sobre as novas operações que ocorrerão para combater o crime, o policial disse que a partir de agora, as mesmas serão constantes e ocorrerão em dias incomuns nos finais de semana. Para realizar as operações, a PM continuará contando com o apoio da Polícia Militar Ambiental, responsável por realizar a aferição do som através do decibelímetro, equipamento este o qual foi disponibilizado para 216ª Cia. da Polícia Militar de São Gotardo, pela Polícia Militar de Carmo do Paranaíba. O aparelho é imprescindível neste tipo de operação, que precisa de pelo menos três aferições, para poder ser caracterizado como crime de poluição sonora.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADEGIF Aniversário Âncora

Confira a entrevista completa do Tenente Gomes:

 

Reportagem: Diego Oliveira/Portal SG AGORA / Fonte da Reportagem: Polícia Militar de São Gotardo / Vídeo Utilizado: Página no Facebook/Portal SG AGORA / Foto Capa: Diego Oliveira/Portal SG AGORA

Tags

0 Comentários “Polícia Militar realiza coletiva de imprensa para falar sobre o crime de poluição sonora em São Gotardo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

De todos os shows da Fenacen 2019, qual atração você mais gostou?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...