Professores das redes estaduais e municipais de São Gotardo realizam nova passeata contra a Reforma da Previdência

Foto Capa: Diego Oliveira/Portal SG AGORA

Últimas Notícias

De acordo com informação divulgada na manhã desta quarta-feira (29/03), através de “moto-som”, os professores da Escola Estadual Coronel Oscar Prados, informaram que não haverá aula nos dias 30 e 31 de Março. A paralisação é contra a Reforma da Previdência, sugerida pelo Governo Temer.

Reportagem

Na manhã desta última terça-feira (28/03) em São Gotardo, professores das redes estaduais e municipais da cidade, professores do distrito de Guarda dos Ferreiros, alunos e demais manifestantes, realizaram mais uma passeata contra a Reforma da Previdência, Privatização e Corrupção. A passeata ocorreu de forma pacífica e teve o apoio da Polícia Militar de São Gotardo. Os manifestantes se reuniram na Praça Ciro Franco e caminharam pelas principais ruas de São Gotardo. De acordo com apuração do Portal SG AGORA, cerca de 100 pessoas participaram da manifestação.

LEIA MAIS: Professores das redes estadual e municipal de ensino fazem dia de paralisação em São Gotardo

Liderada por vários professores de escolas estaduais e municipais de São Gotardo, a passeata ocorreu pela segunda vez na cidade em menos de um mês. Após mais um passo ser dado no Governo Temer para a aprovação da Reforma da Previdência, os professores decidiram paralisar as aulas e ir mais uma vez para as ruas de São Gotardo. Mesmo com menos manifestantes que a primeira caminhada realizada, os participantes ganharam apoio, onde passaram com suas faixas, apitos e um sonoro grito de protesto: “Vem pra rua, a luta também é sua!”

Além de percorrem pelas ruas de São Gotardo, os participantes realizarem manifestações pacíficas convidando Escolas, Empresas Estatais e Órgãos Públicos, que não participaram da segunda passeata contra a Reforma da Previdência. No Fórum de São Gotardo, SER JUSMIG (Sindicato dos Servidores da Justiça de Primeira Instância do Estado de Minas Gerais) manifestaram apoio a paralisação e passeata, através de uma faixa confeccionada com a frase “Não a “deforma” da Previdência”.

Os manifestantes encerraram a passeata na Praça São Sebastião em frente a Câmara Municipal de Vereadores. Os participantes realizaram pequenos discursos no local e cantaram o Hino Nacional. Na sexta-feira (31/03), uma nova passeata ocorrerá, porem em todo o Brasil. Os professores aproveitaram a oportunidade e convidaram toda a cidade para participarem da “Caminhada Nacional”. Apesar de não paralisarem as aulas até sexta, os professores realizarão tarefas de conscientização com os alunos sobre a Reforma da Previdência, conforme o acordo feito pelos participantes da segunda passeata. Na Escola Estadual Coronel Oscar Prados, os professores publicaram uma nota oficial sobre o assunto e paralisação.

A passeata nacional contra a Reforma da Previdência, ocorrerá em São Gotardo a partir das 08:00 horas da manhã na sexta (31). Os manifestantes se reunirão na Praça Ciro Franco e caminharão mais uma vez contra as mudanças sugeridas pelo Governo Temer. De acordo com os professores, várias mobilizações serão feitas até a data, para que o maior número de pessoas possíveis, possam participar da passeata contra a Reforma da Previdência no Brasil.

Confira a nota enviada ao Portal SG AGORA:

“URGENTE!!!!!!

MEUS caros alunos da Escola Estadual Coronel Oscar Prados, informo que a luta contra a Reforma da Previdência continua.
Amanhã (29/03/2017) os professores estarão na escola para prestar esclarecimentos e confeccionar cartazes. Todos os alunos são bem vindos para nos ajudarem, mas NÃO IREMOS MINISTRAR AULAS.
Na sexta-feira (31/03/2017) novamente não haverá aulas porque iremos participar da paralisação NACIONAL contra a Reforma da Previdência.
Ainda não tenho um posicionamento sobre quinta-feira (30/03/2017), mas amanhã mesmo eu aviso se haverá aula ou não.
Quero reforçar que essa greve, essas manifestações não são “coisas dos professores”, não é por causa de salário. Essa é uma luta pelo direito de TODOS nós, e até daqueles que ainda nem nasceram, de podermos nos APOSENTAR.

Eu poderia não avisar nada, deixar vocês irem pra escola amanhã, e convencê-los a ficar e nos ajudarem na LUTA, mas não vou fazer isso porque esse não é o meu jeito de fazer as coisas e porque EU SOU DESSAS, e também porque o facebook é meu e eu escrevo o que eu quiser.

Mas espero sinceramente que MEUS QUERIDOS ALUNOS compareçam e se juntem a nós professores nessa luta. Lembra no ano passado quando vocês quiseram fazer uma manifestação e eu ajudei? Então… agora a coisa é bem maior, não precisamos ficar só no pátio da escola… Não me decepcionem, FALO MESMO.

Por favor, compartilhem essa mensagem com seus amigos para que o máximo de gente fique sabendo.

OBRIGADA.

#contocomvocês
#sevocênãolutarnuncavaiseaposentar
#vemprarua
#essalutatambémésua
#juventudecontraareformadaprevidência”

Confira as fotos da segunda caminhada contra a Reforma da Previdência:

 

Reportagem: Diego Oliveira/Portal SG AGORA / Fotos: Diego Oliveira/Luiz Henrique/Portal SG AGORA 

Tags

0 Comentários “Professores das redes estaduais e municipais de São Gotardo realizam nova passeata contra a Reforma da Previdência”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

O Portal SG AGORA quer saber, você é a favor, contra ou indiferente ao fechamento do comércio local considerado não essencial em São Gotardo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...