Vai comprar um carro? Veja os modelos mais difíceis de serem roubados

Car broken window

O Cesvi Brasil — Centro de Experimentação e Segurança Viária — divulgou esta semana o Índice de Furto, estudo no qual são avaliados itens que tornam os carros menos vulneráveis à ação de bandidos. Assim como os demais índices, este aponta os modelos melhor classificados de acordo com o pacote instalado de fábrica (não valem acessórios).

O Cesvi, os criminosos priorizam os automóveis mais vulneráveis, em especial os modelos populares, desprovidos de itens mais sofisticados.

Neste estudo de 2015, o Cesvi Brasil não conferiu nota máxima (5 estrelas) a nenhum dos nacionais analisados.

Isso porque todos saem de fábrica sem os vidros laterais laminados, item que aumenta em 8 vezes o tempo necessário para o ladrão acessar o interior do veículo. Nos testes do Cesvi, um bandido leva apenas 4 segundos para invadir um veículo que usa vidros temperados (os mais comuns). Com o laminado, o tempo sobe para 35 segundos.

Outro item considerado fundamental para “espantar” bandidos — mas que ainda é raro em modelo nacionais — é a chave presencial. Esta permite acessar a cabine e dar a partida do motor por meio de botões e sensores, tornando mais complicada a tarefa de dar a partida de forma mecânica — fazendo a chamada “ligação direta”.

Os demais itens listados pelo Cesvi como fundamentais para coibir a ação de ladrões são o imobilizador, o alarme perimétrico (que dispara uma sirene) e a bateria instalada em local de difícil acesso. A combinação destes recursos já é suficiente para induzir os ladrões a escolher outro modelo na hora de realizar um furto.

No entando, o Cesvi Brasil concluiu em seu Índice de Furto que, no geral, os modelos nacionais ainda precisam ganhar recursos para se tornarem menos vulneráveis. Prova disso são as notas conferidas na análise.

Os sedãs médios Chevrolet Cruze (foto) e Nissan Sentra foram avaliados como os mais seguros, com 4,5 estrelas. Contudo, apenas a versão topo de linha (LTZ) do Cruze recebeu esta nota, por ter chave presencial.

Já o Nissan Sentra recebeu as 4,5 estrelas em todas as versões, por oferecer mais conteúdo de série que o rival. Mesmo assim, ambos os sedãs não obtiveram as 5 estrelas possíveis por não trazerem vidros laminados nas laterais.

Nesta avaliação do Cesvi, somente Cruze e Sentra atingiram notas elevadas. Todos os demais modelos avaliados receberam modestas 3 estrelas, sendo que alguns, como o Chevrolet Cobalt, têm notas específicas para versões.

Confiram a avaliação do Cesvi nos principais carros vendidos no Brasil:

Chevrolet Onix — Recebeu três estrelas nas versões LT e LTZ;

Chevrolet Prisma — Recebeu três estrelas nas versões LT e LTZ;

Citroën C3 Picasso — Recebeu 3 estrelas na versão topo de linha Exclusive 1.6 flex;

Citroën C4 Hatch — Recebeu 3 estrelas na versão topo de linha Exclusive 2.0 flex;

Honda Civic — Todas as versões receberam 3 estrelas;

Honda Fit — Todas as versões receberam 3 estrelas;

Hyundai HB20S — Todas as versões receberam 3 estrelas;

Volkswagen Novo Fox — Recebeu 3 estrelas na versão topo de linha Highline 1.6 flex;

Os mais roubados:

1º) Fiat Palio;

2º) Volkswagen Gol;

3º) Fiat Uno;

4º) Volkswagen Saveiro;

5º) Fiat Siena;

6º) Volkswagen Fox;

7º) Chevrolet Corsa;

8º) Chevrolet Celta;

9º) Fiat Fiorino;

10º) Fiat Strada;

Reportagem: http://noticias.r7.com/carros/fotos/veja-quais-os-carros-mais-dificeis-de-serem-furtados-20052015#!/foto/29

0 Comentários “Vai comprar um carro? Veja os modelos mais difíceis de serem roubados”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

Em ano de Eleições Municipais, qual a sua nota para atual gestão política de São Gotardo? (Prefeitura e Câmara de Vereadores)

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...