Famílias que invadiram terras em Guarda dos Ferreiros, realizam protesto na Prefeitura de São Gotardo

Foto Capa: Diego Oliveira/Portal SG AGORA
Foto Capa: Diego Oliveira/Portal SG AGORA

Uma história decidida, mas longe de seu final. Na tarde desta quarta-feira (31/01) em São Gotardo, famílias que invadiram as terras da COOPADAP em Agosto de 2017, realizaram um protesto em frente a Prefeitura Municipal de São Gotardo, revindicando a Decisão Judicial do Juiz de Direito em Substituição Legal da Vara Agrária de Minas Gerais Dr. Carlos Roberto Loiola, a favor da Reintegração de Posse pedida pela Cooperativa, nas terras invadidas pelos manifestantes.

Algumas das pessoas que participaram da manifestação, invadiram as instalações da prefeitura e chegaram a organizar um “almoço” na cozinha do prédio público. Após cerca de uma hora de negociação com o comandante da PM de São Gotardo, Capitão Marco Aurélio e o assessor do Prefeito da cidade Seiji Sekita, Marcelo Rodrigues, os manifestantes deixaram o interior do local, mas permanecem ainda permanecem em frente à Prefeitura. Ao todo, cerca de 70 pessoas participaram do ato, que durou cerca de duas horas com mais intensidade.

(Continua após a publicidade)GIF Uninter SG

Em conversa com o líder das famílias assentadas, Aderaldo Bento Alves Da Silva, ele disse a equipe de reportagens do Portal SG AGORA, que não desistirá das terras e que espera uma solução do prefeito de São Gotardo, no dia 07 de Fevereiro, data esta, acordada nesta quarta (31) entre os manifestantes e e assessor do prefeito, para tratar a decisão final judicial. O líder ainda disse que, caso a decisão se mantenha, as famílias voltarão para a prefeitura de São Gotardo, no dia 28 de Fevereiro, dia da Reintegração de Posse, para um novo protesto.

Segundo informações do comandante da 216ª Cia. da Policia Militar de São Gotardo, Capitão Marco Aurélio, ninguém ficou ferido durante o ato das famílias assentadas e apenas danos materiais foram registrados dentro das instalações da prefeitura da cidade. Ainda de acordo com o policial, um Boletim de Ocorrência será feito relatando a situação, porem, ninguém será indiciado. Na operação de contenção realizada pela PM no local, cerca de 20 policiais participaram da ação, que foi pacífica. A rua da prefeitura foi isolada e parte dos manifestantes ainda continuam no local.

Foto-Capa-Diego-Oliveira-Portal-SG-AGORA-3Terras foram invadidas em Agosto de 2017 (Foto: SG AGORA)

Entenda o caso:

As terras pertencentes a COOPADAP (Cooperativa Agropecuária do Alto Paranaíba), foram invadidas pelas famílias de assentados, no dia 07 de Agosto de 2017. Desde essa data, Cooperativa e famílias assentadas, travam uma briga na justiça, para determinas em fim, de quem seria e legalidade e posse verdadeira dos cerca de 48 hectares invadidos. Representados pelo seu líder Aderaldo Bento Alves Da Silva, os assentados alegam desde o início que as terras pertencem a UNIÃO e que por isso a Cooperativa havia comprando as terras de maneira inapropriada, tornando-as ilegais.

Após vários processos judiciais serem pedidos na Justiça por ambas as partes, ficou decidido no mês de Janeiro de 2018, que as terras deveriam ser desapropriadas pelas famílias assentadas e devolvidas para seu legítimo dono, a COOPADAP. Com a decisão, ficou estabelecida a data do dia 28 de Fevereiro, como data limite para que todas as famílias saíssem e retirarem seus pertences do local invadido desde Agosto de 2017. A decisão não agradou as famílias e cerca de 70 pessoas, realizaram o protesto nesta tarde de 31 de Janeiro em frente a prefeitura de São Gotardo.

Confira as fotos do protesto:

 

Confira o vídeo do Portal SG AGORA durante o protesto em frente a Prefeitura Municipal de São Gotardo:

 

Reportagem: Diego Oliveira/Portal SG AGORA / Fotos e Vídeos: Diego Oliveira/Portal SG AGORA / Fonte da Reportagem: Polícia Militar de São Gotardo

Tags

2 Comentários “Famílias que invadiram terras em Guarda dos Ferreiros, realizam protesto na Prefeitura de São Gotardo”

  1. Marcos disse:

    Muito engraçado esse cidadão dizer ki nao sabemos votar, nois não saímos por ai tomando imóveis dos outros trabalhamos para conquistar nossos objetivos, n tem nada contra nordestinos mais pq n trabalha como muita gente se fa

  2. jose aparecido disse:

    prefeito isso e cria do seu proprio partido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

De 1 a 5, qual sua nota para os serviços oferecidos pela COPASA em São Gotardo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...