Polícia Militar Ambiental realiza apreensão de peixes e arma em São Gotardo

IMG-20151031-WA0002
Foto: Polícia Militar Ambiental de São Gotardo

Durante este final de semana em São Gotardo, a Polícia Militar Ambiental realizou a apreensão de vários peixes, apetrechos para pesca e uma arma, durante abordagens policiais após denúncias anônimas ou trabalho rotineiro da PM. No total, mais de 20 quilos de peixes foram apreendidos e doados para instituições de caridade de São Gotardo.

Na primeira fiscalização em um comércio, a Policia Militar de Meio Ambiente constatou que o proprietário mantinha em seu estabelecimento, um pescado sem prova de origem e de espécies diversas, totalizando 20,74 kg de pescado. O infrator foi autuado administrativamente e confessou ser o responsável pelo pescado. Após ser periciado pelo médico veterinário, que constatou que os peixes estavam em condições de consumo humano, todo o pescado foi doado ao “Abrigo Lar Renascer”.

Na segunda apreensão, após receber uma denúncia anônima, a Polícia Miltar Ambiental localizou em posse de um homem, um revólver Taurus, calibre .32 que se encontrava municiado com 06 munições intactas. Fora do gatilho do revólver, outras 4 munições foram encontradas em uma pochete, debaixo do banco do carro em que o homem estava. O dono da arma disse que possuía registro da mesma e a PM então se deslocou até sua casa para confirmar tal procedência. Porem o registro da arma se encontrava vencido e o homem acabou preso e os materiais apreendidos.

Arma estava com a documentação atrasada e foi apreendida/Foto: PM Ambiental

Peixes e apetrechos de pesca apreendidos

Também durante fiscalização no final de semana, uma guarnição da Policia militar de Meio Ambiente, compareceu ao Rio Indaiá, na região denominada Barra do Córrego Confusão, onde, após denúncia, abordaram um veículo ocupado por dois infratores, que acabavam de deixar o rio. Durante a abordagem, uma dos infratores declarou ser pescador profissional e disse que havia materiais de pesca e peixes no veículo.

Durante a vistoria, os policiais constataram que havia no porta-malas do veículo uma caixa de isopor contendo 3 peixes da espécie Piau, todos acima da medida, pesando 2,865 kg no total e dez redes de emalhar mensurando 135 metros quadrados no total, e um espinhel, que estavam guardados em um saco. Ao conferir as malhas das redes os militares constataram que todas estavam com as medidas de malhas abaixo do mínimo estabelecido pela portaria 18/2008 do IBAMA, medindo entre 110 e 120 milímetros. Ainda durante a abordagem foi verificado pelos policiais que as redes não possuíam plaquetas de identificação, contrariando o disposto no decreto estadual 38.744/1997.

Em diálogo com o outro infrator que estava no carro, o mesmo relatou ser pescador amador. Ambos confirmaram que praticaram a pesca juntos utilizando as redes de emalhar e o espinhel, que são privativos para pescador profissional, em desconformidade com o contido no decreto estadual 38.744/1997, que proíbe o pescador profissional de realizar a pesca profissional junto a pescadores de outras categorias.

Com o flagrante, os infratores foram presos e encaminhados a Delegacia de Policia Judiciária de Patos de Minas para as demais providências.

Mais de 135 metros quadrados de rede foram apreendidas pela PM Ambiental/Foto: PM

 

Fonte da reportagem e fotos: Polícia Militar Ambiental de São Gotardo

0 Comentários “Polícia Militar Ambiental realiza apreensão de peixes e arma em São Gotardo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

De todos os shows da Fenacen 2019, qual atração você mais gostou?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...