Cruzeiro é derrotado pelo São Paulo e continua saga por posição mais confortável na Série A

A luta por uma posição mais confortável na classificação do Campeonato Brasileiro segue árdua para o Cruzeiro. Na noite desta quinta-feira, no Morumbi, o time de Mano Menezes perdeu mais uma oportunidade de se afastar da zona de rebaixamento ao sair derrotado pelo São Paulo, por 1 a 0, no Morumbi. Improdutivo e sem criar muitas chances claras de gol, a equipe celeste acabou envolvida na primeira etapa e encontrou um Tricolor fechado nos 45 minutos finais. Wesley marcou para o time mandante aos 42′ de jogo.

Com o resultado, o Cruzeiro ficou a um ponto da zona de rebaixamento, com 29 na 15ª posição. O Vitória, que bateu o Internacional fora de casa, alcançou os 29 pontos e é o novo 16º colocado. Figueirense (28), Internacional (27), Santa Cruz (23) e América (15) são os quatro times do Z4.

A sequência do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro é bem complicada. No próximo domingo, o clube recebe o arquirrival Atlético no Mineirão, às 16h, pela 26ª rodada da competição nacional. No domingo seguinte, o time de Mano Menezes visita o Flamengo, atual vice-líder, em local ainda a definir. Já em 1º de outubro, a equipe celeste encara o Grêmio em Belo Horizonte. Rival desta quinta e adversário do “meio de tabela”, o São Paulo enfrenta o Atlético-PR na Arena da Baixada na próxima rodada.

Assistas os melhores momentos do jogo através do vídeo abaixo:

 

O jogo

Com dois desfalques importantes nesta quinta-feira, após perder Arrascaeta e Ábila suspensos, Mano Menezes alterou a formação tática do Cruzeiro. O treinador optou por Lucas Romero na vaga de Ariel Cabral e promoveu uma mudança no posicionamento de Robinho, que passou a jogar mais centralizado num esquema 4-3-3. O início foi de jogo foi de sofrimento e adaptação para o clube celeste, que precisou contar com Rafael para não sair perdendo logo de cara. Aos 13’, o camisa 12 defendeu após excelente finalização de Wesley; dois minutos depois foi a vez de Cueva perder oportunidade dentro da área.

Descompactado, com linhas muito espaçadas, o Cruzeiro tentava trocar passes com alguma velocidade, mas sempre pecando no último setor do campo e devolvendo a posse de bola ao adversário (61% a 39%). De fora da área, cinco finalizações ruins marcaram a primeira etapa celeste. A marcação, ao menos, era destaque do time de Mano Menezes até aos 42’, com onze desarmes certeiros. Uma desatenção na intermediária, porém, colocou fim ao bom trabalho. Após troca de passes, Cueva serviu Wesley, que acertou bonito chute no canto direito de Rafael: 1 a 0.

Diferentemente do que aconteceu em duelos anteriores, quando Mano conseguiu aproveitar o intervalo para mudar a postura de seus comandados, nesta quinta-feira a conversa no vestiário não deu muito resultado. O Cruzeiro voltou para os 45 minutos finais com mudanças de posicionamento, mais organizado, mas com atitude semelhante ao do tempo em que saiu derrotado, apático, com passes improdutivos. A primeira chance veio só aos 20’, quando Robinho aproveitou sobra e disparou uma bomba de pé direito. A bola raspou o travessão de Denis.

Mano Menezes tentou dar mais velocidade ao time com Alisson na vaga de Rafael Sobis e Marcos Vinícius na posição de Rafinha, mas as alterações não surtiram o esperado. O Cruzeiro seguiu inoperante e ainda viu Manoel perder a cabeça aos 41’. O zagueiro cometeu pênalti em Chavez e acabou expulso depois de dois socos no adversário argentino. Na cobrança, Rafael fez bela defesa. No lance seguinte, quase o Cruzeiro mudou a história do jogo. Alisson roubou bola de Thiago Mendes, entrou livre na área, mas finalizou sem força.

SÃO PAULO 1 X 0 CRUZEIRO

SÃO PAULO

Denis; Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Hudson (João Schmidt), Thiago Mendes, Wesley, Kelvin (Luiz Araújo) e Cueva (Carlinhos); Andrés Chávez. Técnico: Ricardo Gomes

CRUZEIRO

Rafael; Lucas (Ezequiel), Manoel, Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique e Lucas Romero; Rafinha (Marcos Vinícius), Robinho e Rafael Sobis (Alisson); Willian. Técnico: Mano Menezes

Gols: Wesley (aos 42’1ºT)

Cartão vermelho: Manoel (Cruzeiro)

Público: 15.566

Renda: R$ 361.885,00

Motivo: 25ª rodada do Campeonato Brasileiro

Estádio: Morumbi, em São Paulo

Data: quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Horário: 21h

Árbitro: Diego Almeida Real (Asp. Fifa/RS)

Assistentes: Alexandre A. Pruinelli Kleiniche (CBF/RS) e José Eduardo Calza (CBF/RS)

 

Reportagem e Foto: http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/cruzeiro/2016/09/15/noticia_cruzeiro,352085/cruzeiro-e-derrotado-pelo-sao-paulo-e-continua-saga-por-posicao-mais-confortavel-na-serie-a.shtml

Tags

0 Comentários “Cruzeiro é derrotado pelo São Paulo e continua saga por posição mais confortável na Série A”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

Qual destas datas você mas deseja que chegue no ano de 2020?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...