Nova reunião é realizada em São Gotardo para discutir solução para as constantes queimadas na nascente do Córrego Confusão

Na manhã desta última segunda-feira (30/10) na Câmara Municipal de São Gotardo, foi realizada mais uma reunião para discutir uma solução para as constantes queimadas na nascente do Córrego Confusão, principal bacia hidrográfica de abastecimento para a população de São Gotardo. Após mais uma queimada criminal ser registrada no local em 2017, a reunião foi proposta pelos vereadores de São Gotardo em parceria com o CONSUB.

A reunião foi solicitada pela vereadora Denise Alves, com o apoio de todos os parlamentares que compõe o Plenário José Alves de Oliveira. Além dos vereadores, estiveram presentes na reunião o prefeito de São Gotardo Seiji Sekita, o Presidente da Câmara Municipal de Vereadores Gilberto de Oliveira, o Comandante da Polícia Militar de Meio Ambiente Sargento Weliton, o presidente do CONSUB Paulo Eugênio Vilela, o Comandante da 216ª Cia. da PM de São Gotardo Capitão Marco Aurélio, o Promotor de Justiça Dr. Sérgio Álvares Contagem, membros da Copasa, empresários, imprensa e demais pessoas de São Gotardo e dos distritos da Agrovila e Vila Funchal.

Principal afluente da Lagoa Balneário, há vários anos o Córrego Confusão sofre com a falta de sua preservação. Todos os anos nas épocas de vegetações secas, o córrego e sua nascente, sofrem com as constantes queimadas provocadas de maneira criminal. Localizada próximo a rodovia MG-235 em São Gotardo, a bacia hidrográfica do córrego, convive com o problema  constantemente. Tão alarmante quanto as queimadas, o córrego também sofre com a poluição de lixo e resíduos de agrotóxicos, que são jogados de maneira irregulares em diversos pontos de sua extensão.

Após mais uma queimada criminal ser provocada próximo a nascente do córrego no início do mês de Setembro de 2017, o CONSUB (Conselho das Sub-Bacias Hidrográficas de São Gotardo e Região), já havia reunido autoridades Sangotardenses na penúltima semana de Outubro, para discutirem soluções relacionadas as queimadas no córrego e sua preservação. Com a nova reunião realizada a pedido dos vereadores nesta semana, algumas medidas emergenciais já serão tomadas em relação as queimadas na nascente o Córrego Confusão, entre elas a contratação de um vigia, para zelar pela segurança do local e evitar as queimadas criminais.

Além do Córrego Confusão, outras medidas para a preservação ambiental do município de São Gotardo foram debatidas pelos presentes na reunião. Moradores dos distritos da Agrovila e Vila Funchal, salientaram os presentes no debate para que um trabalho de preservação de bacias hidrográficas também sejam realizados em outras nascentes que pertencem a região de São Gotardo. As invasões ilegais nos lotes do distrito da Agrovila e o atraso na entrega da obra do Centro de Tratamento de Esgoto da COPASA em São Gotardo, também foram lembrados pelos presentes na reunião. Todos os assuntos debatidos, foram registrados e oficializados em ata na Câmara Municipal de São Gotardo.

Confira as fotos da reunião:

 

Reportagem: Diego Oliveira/Portal SG AGORA / Fotos: Diego Oliveira/Portal SG AGORA / Fonte da Reportagem: Apuração/Equipe de reportagens Portal SG AGORA

Tags

0 Comentários “Nova reunião é realizada em São Gotardo para discutir solução para as constantes queimadas na nascente do Córrego Confusão”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANUNCIE
ANUNCIE

Enquetes

O Portal SG AGORA quer saber, você é a favor, contra ou indiferente ao fechamento do comércio local considerado não essencial em São Gotardo?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...